Publicidade

SERÁ QUE A JUSTIÇA FEDERAL AUTORIZA METER TORNOZELEIRA ELETRÔNICA EM RICARDO MURAD ?

O MM Juiz de Direito da 1ª Vara da Justiça Federal, Dr. Roberto Veloso ainda não proferiu decisão sobre o pedido de prisão preventiva, que tem parecer favorável do Ministério Público, face a destruição de provas por parte do indiciado Ricardo Murad.

Seria de bom alvitre - proposta capaz de trazer proveito - por enquanto o uso de tornozeleiras eletrônicas. A medida facilitaria a localização/ conhecimento dos deslocamentos do indiciado, evitando a presença dos policiais federais/ viaturas na porta dos Murad.

O clamor público é pela decisão que autorize a prisão preventiva de Ricardo Murad. A demora na decisão é natural nestes casos que envolvem políticos, acostumados a reclamarem de perseguição. O uso das tornozeleiras eletrônica no indiciado é importante nesta fase das investigações. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.