22 de janeiro de 2021

ARTICULAÇÃO FAZ A DIFERENÇA : CAFÉ ENTRE AUTUANTES LÍDERES DA NOVA COESA GERAÇÃO POLÍTICA OU MILK SHAKE SOLITÁRIO DE UM ALPINISTA MIDIÁTICO ?









 



VACINA POLÍTICA FOCA GESTÃO EM OBRAS/ SERVIÇOS : REFORMA ADMINISTRATIVA VERMELHA EVITA O FIM DO GOVERNO DINO NO INÍCIO DE 2021 RETORNA BRANDÃO A FUNÇÃO DE VICE/ MARCELO TAVARES DEIXA DE SER "EMINENCIA PARDA" NOS CORREDORES DO PALÁCIO DOS LEÕES

A reforma administrativa vermelha - prioridade aos quadros do PC do B/ PT - é vacina política política que evita o fim do governo Dino/ retorna Brandão a função de vice/ Marcelo Tavares deixa de ser "eminencia parda"/ poderosos assessor que atuava nos corredores do Palácio dos Leões.




A breve estadia de Carlos Brandão como interino no Palácio dos Leões modificou o rito administrativo/ ganhou configuração eleitoral. Os convênios celebrados somam mais de meio bilhão. Dino vacinou a população/ gestão/ voltou ao ritmo de obras sem coloração eleitoreira/ partidária.





Foi muito importante a retomada do sentido administrativo da gestão/ pautado em obras serviços sem a conotação de palanque eleitoral/ como o vice-governador Carlos Brandão tenta empreender cada vez que participa de inaugurações de obras/ assinaturas/ autorização de serviços.  

Avante!

21 de janeiro de 2021

CONHEÇA EM SÃO LUÍS O VALPARAÍSO ADVENTURE PARK

A BURLA E O BURLESCO : DEPUTADO YGLÉSIOS MOISÉS VACINA FÁBIO GENTIL CONTRA CORONAVÍRUS


 

O deputado Yglésios Moisés/ o "Sabe Tudo" resolveu pegar carona com a chegada das vacinas. Yglésio vestiu-se de Moisés - cabeludo.




Ocorre que ficou a cara do prefeito de Caxias Fábio Gentil/ o "Sansão Gentileza com o Chapéu do SUS - vacinou-se/ a família/ amigos/ aliados.



Yglésios em solilóquio - diálogo com ele mesmo - fez peça publicitária sem criatividade/ cuja mensagem trabalha a dúvida/ não a certeza.




Não demora "o mídia" aparece com o espanador/ dizendo que tomou a "francesa made in Xirizal" : "estrepeci na minha  com "cospe lá dentro".





20 de janeiro de 2021

CABRA SAFADO : PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE COLINAS DR LIMA/ O "LARANJA" ALIADO DE BRANDÃO DETONA FLAVIO DINO : " ESTÃO USANDO O POVO/ A DESGRAÇA/ A MISÉRIA PARA ANGARIAR VOTOS/ RECURSOS EM CIMA DA PANDEMIA"

 O Presidente da Câmara de Vereadores de Colinas Dr. Lima/ o "Laranja" aliado desde sempre de Carlos Brandão/ o "Coroné" de forma injusta/ corporativa detonou sem cerimônia/ respeito pelo trabalho o governador Flávio Dino : "  querem fazer política com a distribuição das vacinas contra o coronavírus". Lima de forma rasteira ainda comparou Dino a Bolsonaro. Insatisfação pessoal ou foi orientado?





Dr. Lima/ o "Laranja" está no 5º mandato de Presidente da Câmara de Vereadores de Colina/ no 8º mandato de Vereador. Lima é transplantado/ acha que tem direito de ser vacinado antes daqueles que estão na frente de trabalho contra os coronavírus - os funcionários/ heróis da Saúde. Lima não respeitou a luta abnegada/ diuturna do governador Flávio Dino/ desde o início da pandemia até agora.


Os Republicanos do Maranhão não são nada republicanos. Primeiro foi o prefeito de Caxias Fábio Gentil que furou a fila de vacinação/ ainda teria mandado vacinar a família/ os amigos/ os aliados. Agora é o Dr. Lima/ Presidente da Câmara de Vereadores de Colinas/ aliado histórico do vice-governador Brandão/ detonando o governador/ acusando-o injustamente/ por analogia de fazer campanha política com a distribuição das vacinas.


Dr. Lima/ o "Laranja"  acusou o governador  Dino de enganar o povo com a "compra da vacina/ mas até agora ele não comprou nada". Lima não quis lembrar que o governador Flávio Dino entrou o STF para comprar a vacina/ que o foram reservados 50 milhões para a compra de outros lotes. Se o vice-governador mantivesse seus aliados informados do hercúleo esforço do governador Flávio Dino/ Lima não seria tão desleal. Mas o que importa para Brandão é eleição/2022/ não é a vacinação/ 2021.




 

PRIMEIRO LOTE : CONCLUIDO TRANSPORTE AÉREO DAS VACINAS PARA TODAS AS REGIÕES DO MARANHÃO


 

VACINAÇÃO CONTRA COVID COMEÇA EM SANTA RITA E ROSÁRIO


 A médica Patrícia Silveira foi a primeira imunizada contra covid-19 no município de Santa Rita. Das 199 doses que chegaram na terça-feira (19), 40 foram aplicadas no primeiro dia. A vacinação está ocorrendo na sede do Samu ao lado do Hospital Municipal Maria Helena Freire.

Na primeira fase vão ser imunizados profissionais de saúde que estão na linha de frente da covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Santa Rita nos próximos 15 dias, a Secretaria estadual de Saúde enviará mais 199 doses para aplicação do reforço naqueles que foram vacinados nesse primeiro momento.



Rosário

Em Rosário na terça-feira (19), chegou 155 doses da vacina contra a Covid-19, município que também já iniciou a imunização.

Vale ressaltar que a vacina, no momento, é apenas para profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao Coronavírus.

Ângela Maria Moraes Nazar, moradora do bairro São Simão – zona rural, foi a primeira rosariense a receber dose da CoronaVac.

"ESPOCA URNAS" VÃO COM TRUMP E CARLOS BRANDÃO : SECRETÁRIOS SEM VOTO ANUNCIAM DESFILIAÇÃO DO DEM

O bem informado jornalista Gilberto Léda anuncia reação/ articulação da "junta governativa" - Carlos Brandão/ Marcelo Tavares/ Luís Fernando - para minimizar derrotas eleitorais e pretensão de indicação de secretários do governo de Flávio Dino.


A "junta governativa" teria aconselhado os "espoca urnas" - sem votos - Rogério Cafeteira/ Felipe Camarão a deixarem o DEM/ partido ligado a Weverton Rocha/ filiando-se ao Republicanos ou PSB. Republicanos? Nem Brandão vai permanecer.


O mais provável dentro das opções seria o PSB/ aguardando fusão com o PC do B. Dino tem que ter quadros eleitorais fortes nas duas siglas para contribuir com a superação da cláusula de barreira. A filiação dos "sem voto" no PBS é bucha eleitoral. 


Aproveitando a quarta(20/janeiro/2021) de alegria para o mundo - distribuição da vacina/ despedida de Donald Trump - a música indicada para Rogério Cafeteira/ Felipe Camarão é "Vão com Trump" e Brandão. Quem não tem Trump canta com Roberta Miranda. 



PREFEITOS/ FAMEM ENSOSSAM APOIO AO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA AS AGLOMERAÇÕES PROMOVIDAS NO CARNAVAL

 Os prefeitos do Maranhão, representados pela Famem, emitiram notas nesta semana em apoio a uma recomendação do Ministério Público para que sejam evitadas aglomerações durante o período de Carnaval no estado.



O documento sugere aos gestores “a observação imediata de normas e condutas para evitar a proliferação da Covid-19 durante o período do caranval, bem como enquanto perdurar a pandemia” e tem sido alvo de críticas da população em virtude da inexistência de medida parecida durante a campanha eleitoral.

“Neste momento em que assistimos com espanto e temor o crescimento do índice de pessoas acometidas pela Covid-19 em todas as regiões do Brasil, o Maranhão deve se precaver com maior rigor nas medidas protetivas contra a Covid-19”, ressaltou o presidente da Famem, Erlanio Xavier, num comunicado publicado no site da entidade.

A recomendação é de que sejam negadas licenças e autorizações para eventos em âmbito privado que possam gerar aglomerações.

NOMEAÇÃO DE CAPELLI E AS QUE DEVEM ACONTECER AINDA EM JANEIRO REFORÇA AUTORIADE POLÍTICA-ADMINISTRATIVA DE FLÁVIO DINO ELIMINA GOVERNO PARALELO DE CARLOS BRANDÃO

Começa a desanuviar o cheiro do coronelismo/ a inhaca/ bodum da pistolagem / bandidagem que circulou dentro da atmosfera democrática dos corredores/ dependências do Palácio dos Leões nos primeiros dias de janeiro/ quando o vice-governador interino Carlos Brandão sentou na cadeira/ despachou do Gabinete do Governador.


A nomeação do renomado jornalista Ricardo Capelli/  ex-presidente da Une/ Secretário de Representação do Maranhão em Brasília para a Secretaria de Comunicação do Governo do Maranhão reforça a autoridade política-administrativa de Flávio Dino elimina o "governo paralelo do "vixe-governador"  Carlos Brandão". Graças a Deus!


Carlos Brandão/ o "Coroné de Colinas" juntou-se com Marcelo Tavares/ o "Sobrinho de Zé de Ré"/ Luís Fernando Silva/ o "Santo de Pau-Oco de São José de Ribamar"/ para nomear para Secom Matias Marinho/ o "Gedeel de Ribamar"/ ex-assessor de Comunicação do "Santo"/ fantasma n Casa Civil/ sinecura articulada pelo astuto Marcelo Tavares.


Dino além de não nomear Matias Marinho/ o "Gedeel de Ribamar"/ para Secretaria de Comunicação do Estado mandou demiti-lo da Casa Civil. A "junta governativa" - Carlos Brandão/ Marcelo Tavares/ Luís Fernando Silva não conseguiu botar Marinho na Secom/ mas trombeteia a indicação de Duarte Junior para o Detran. "Ajeita essa cocota aí".


O objetivo de fazer do Detran "Cocota dos Republicanos"/ com Duarte na Direção é alijar o PDT/ Weverton da base do governo de Dino. Brandão percebeu que só ele não consegue montar governo paralelo. Brandão constituiu a "junta governativa"/ com Marcelo Tavares/ Luís Fernando Silva/  uma mobília velha/ sofá antigo com três lugares. Afé!





DEU NA FÓRUM : RICARDO CAPELLI É O NOVO SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNO FLÁVIO DINO

 Revista Fórum

O jornalista Ricardo Capelli, ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), é o novo secretário de Comunicação do governo do Maranhão, comandado por Flávio Dino (PCdoB). Antes, ele atuava como secretário da representação do governo do Maranhão em Brasília.



Desde 2015, Cappelli integrava a equipe de Dino. A migração para a Comunicação mostra que o governador busca trazer quadros políticos do PCdoB para atuar mais perto da gestão estadual.

Antes de trabalhar para o governo do Maranhão, Capelli já atuou no Ministério dos Esportes, no Governo do Rio de Janeiro e na Secretaria Municipal de Nova Iguaçu.

19 de janeiro de 2021

COM APENAS 17 DOS 26 PREFEITOS DA ESTRADA DE FERRO CARAJÁS FUFUCA DANTAS FOI ACLAMADO PRESIDENTE DO CONSÓRCIO INTERMODAL

Francisco Dantas/ o Fufuca cria do ex-deputado estadual José Gerardo de Abreu foi aclamado por 17 dos 26 prefeitos da Estrada de Ferro Carajás como Presidente do Consórcio Intermunicipal Modal.


Fufuca conhecido nacionalmente por manter funcionários na condição análoga a escravos nas sua fazendas/ promete transparência no Consórcio Intermunicipal Modal . Vamos esperar/ fiscalizar.




O pai de Fufuca era o finado Fufucão/ o filho Fufuquinha é amigo/ cheira de Zequinha Sarney/ afilhado de Eduardo Cunha. Fufuca ensinou ao filho como andar em boas companhias. É dose para cavalo.




Eu me pergunto quando é que isso vai acabar ? Fufucão/ Fufuca/ Fufuquinha/ Zequinha. Tem muita coisa para mudar. Digo porque conheço todas essas gerações forjadas pelo coronelismo político.

GENTILEZA COM O CHAPÉU DOS SUS: FÁBIO GENTIL USA CARGO DE PREFEITO DE CAXIAS PARA FURAR FILA DE VACINAÇÃO E TERIA DADO PRIORIDADE PARA FAMÍLIA/ AMIGOS E ALIADOS




O Blog do Cesar Bello segue atento as posturas dos homens públicos maranhenses que utilizam sem o menor respeito/ temor as regras os cargos em benefício próprio/ das famílias/ amigos/  aliados/ ignorando procedimentos estabelecidos.

O prefeito de Caxias/ Fábio Gentil derrotado nas eleições da Famem revelou uma vez mais ser adepto do patrimonialismo - trato das coisas públicas como privadas - durante o processo de vacinação contra coronavírus em Caxias.

Fábio Gentil/ 41 anos de idade não é funcionário da frente de Saúde/ não é portador de doença que implique em prioridade na vacinação/ usou do cargo de prefeito para furar a fila/ procedimentos/ teria ainda priorizado a família/ amigos/ aliados.



A filha de Fábio Gentil/ Amanda Gentil recebeu as doses das vacinas/ pois o transporte é responsabilidade do Estado. No entanto o processo de vacinação é tarefa das Prefeituras. Gentil na foto em epígrafe comprova o procedimento imoral.

Caxias recebeu 2446 doses. Será que Amanda Gentil vai escolher quem em Caxias vais ser vacinado ? O suposto uso político das vacinas em Caxias deve ser apurado. Basta ver se as pessoas/ numero batem com a orientação/ total de vacinas. 





 

DINO SEMPRE EFICIENTE COMPETENTE LIBERA LOTE APLICA PRIMEIRAS DOSES E FOCA NA CONTINUIDADE DAS VACINAS


 

18 de janeiro de 2021

CORONÉ QUER SECRETARIAS/ CARGOS/ FUNÇÕES/ PAGAR CONVÊNIOS/ OBRAS/ SERVIÇOS/ ENTREGRAR EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS/ BENS MÓVEIS/ IMÓVEIS/ DOSES DAS VACINAS DE CORONAVÍRUS NOS MUNICÍPIOS DO MARANHÃO: CERCA-LOURENCO DA TURMA DE BRANDÃO EM CIMA DE DINO GERA DESCONTENTAMENTO/ INSTABILIDADE/ CLIMA DE INTRIGA ENTRE OS ALIADOS DO GOVERNO



Se pudesse Carlos Brandão aplicaria a primeira dose da vacina contra o coronavírus em Dino - Duarte Junior está ensinando Brandão ser mais "governador" do que Dino. Brandão no seu derrotado projeto de se torna governador de fato/ de direito/ eleito que nomear secretários/ funcionários para cargos/ funções - prometeu para Marcelo Tavares a prebenda/ sinecura de Conselheiro do Tribunal de Contas com salário eclesiástico. Brandão teria garantido para Duarte Junior que o Detran é dele.

Brandão mandou Lourival Brochea publicar na Coluna do Pêta de forma afrontosa ao governador que Brandão estará a frente do pagamentos dos "convênios faz mais/ faz menos/ famem"/. Brandão quer ser interlocutor dos pagamentos de obras/ serviços/ entrega de equipamentos/ bens móveis/ imóveis/ das vacinas contra o coronavírus nos municípios maranhenses. Brandão quer ter o controle dos delegados de polícia nos municípios/ tudo que se fizer "fiel"/ necessário a sua eleição em 2022.

A sede/ fome de poder de Carlos Brandão está gerando descontentamento/ instabilidade/ clima de intriga entre os aliados do governo Flávio Dino. Brandão mantém a irmã como Chefe de compras da Procuradoria Geral do Estado há mais de uma década. Ela tem o sugestivo nome de Roseana Orleans Brandão Pantoja. Roseana Brandão não é funcionária concursada do estado. Mas exerce a conezia de forma despótica/ segundo relato de funcionários que não querem expor os nomes. 

São esses privilégios/ canonicatos que os bispos da política/ familiares - Marcelo Tavares/ Roseana Brandão - temem perder com a continuidade da mudança a partir de 2022/ quando a mobília velha deixada por Zé Reinaldo deve perder/ sair da pepineira que exercem/ ainda sem habilitação. Mas o governador Flávio Dino está reagindo/ vetou a indicação de Matias Marinho/ o "Gedeeel" para Comunicação. Marinho era funcionário fantasma da Casa Civil. A cavação do cargo foi de Marcelo Tavares.

Tem de ter coragem/ independência para mostrar que ainda existem veniagas/ mamatas sem que o governador Flávio Dino tenha conhecimento. A prova foi que ao tomar conhecimento de que Matias Marinho fora fantasma da Casa Civil/ assombração de Marcelo Tavares vetou o nome de Marinho para Comunicação. Quanto a Roseana Orleans Brandão Pantoja/ dinossaura no cargo de Chefe de Compras da Procuradoria Geral do Estado a competência para admitir/ demitir é do Procurador.








 

AGUENTA FLÁVIO : INTERINIDADE ELEITOREIRA DE BRANDÃO DEIXA DINO COM IMAGEM DE PLANTONISTA DA ADMINISTRAÇÃO

 

O GOVERNADOR E O GOVERNADOR DE PROVETA QUE ANTES DE SER JÁ SE APRESENTA COMO

Desde a semana passada, a imprensa amilhada por Josimar de Maranhãozinho publica textos no sentido de pressionar o governador a abrir espaços para o vice do Republicanos.


Para eles, Flávio Dino já é o plantonista no cargo que, a partir de abril de 2022 será de Carlos Brandão. Todavia, na avaliação dos escribas de Maranhãozinho, o vice só seria competitivo na disputa pelo governo em 2022 se começasse a ocupar espaços a partir de agora.


Na mira de Brandão estão a Comunicação, a MOB, o Detran e a Sedes, todas ocupadas por quadros do PDT e PCdoB.


Será que Flávio Dino aguentará a pressão da trinca formada por Carlos Brandão, Marcelo Tavares e Luís Fernando Silva?




QUAL É O GOVERNADOR QUE ESTÁ DE PLANTÃO ? A PEDIDO DO VICE MATIAS MARINHO QUE SAIU DAS ELEIÇÕES DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR COM 200 VOTOS DIZ QUE VAI SER O SECRETÁRIO DE COMUNICAÇÃO DO GOVERNO BRANDINO MISTURA DE BRANDÃO COM DINO

A catinga da arrogância/ prepotência do "coroné" Carlos Brandão ainda está presente nos corredores do Palácio dos Leões.  As ameaças ainda ecoam nas colunas do venal Jornal Pequeno com o "desconjurar" de blogueiros/ bem como pressão no próprio governador intimado a cumprir os convênios assinados por Brandão/ sob pena de se incompatibilizar com os prefeitos. Muita ousadia de Lourival Bogea que depois da convid "nem mais homem é" - não "alivanta".


O jornalista Matias Marinho saiu das eleições de São José de Ribamar com 200 votos se apresenta como Secretário de Comunicação do "Governo Brandino" - mistura de Brandão com Dino - a convite do vice-governador. Matias dono de fortuna inexplicável/ como carros importados/ poupança/ ações/ imóveis luxuosos/ um deles localizado no retorno do Olho D' Água teria servido para guardar malas de dinheiro do então candidato ao governo Luís Fernando.   


Luís Fernando era candidato contra Flávio Dino/ mas desistiu. No entanto o que fora arrecadado inicialmente para campanha/ teria ido parar em caixas no referido apartamento de Marinho/ que segundo os vizinho "cheirava a dinheiro novo". Esse "perdido" teria afastado Luís Fernando de Jorge Murad. Matias Marinho é chamado nos bastidores de "Gedeel" em analogia aquele deputado das malas de dinheiro no apartamento. Secretário de Comunicação com esse curriculum?




17 de janeiro de 2021

PODE? DEPOIS DE ESCRAVIZAR FUNCIONÁRIOS FUFUCA QUER PRESIDIR CONSÓRCIO DE CONSÓRCIO MILIONÁRIO NO MARANHÃO




 Conhecido na região cortada pela estrada de ferro da Vale como o prefeito acusado de  escravizar funcionários em suas fazendas, o gestor de Alto Alegre do Pindaré, Fufuca Dantas (PP), quer comandar o milionário CIM – Consórcio Intermunicipal Multimodal, que foi destaque nacional em esquema milionário revelado pela TV Record (Reveja aqui).

Ao lançar seu nome para presidir o consórcio formado por 26 municípios, Fufuca diz que pode garantir direitos para a população dos municípios consorciados.

Com eleição marcada para o próximo dia 19, o CIM pode voltar a ser destaque nacional, desta vez, por ter como presidente o homem acusado de escravizar pelo menos 12 trabalhadores, que foram libertados de uma das suas fazendas em condições análogas à escravidão, conforme revelou o Repórter Brasil (Relembre aqui).

O consórcio recebe recursos milionários e desperta interesse de muitos políticos.

QUESTÃO DE ORDEM/ POR COERÊNCIA/ LÓGICA/ CONSCIÊNCIA : POR QUÊ BRANDÃO NÃO CONSEGUIU DURANTE 6 ANOS FAZER SEU NOME SER O NATURAL NA SUCESSÃO DE DINO?


Uma questão de ordem/ por coerência/ lógica/ consciência : Por quê Brandão não conseguiu durante 6 longos anos fazer seu nome ser o natural para sucessão de Flávio Dino?

Brandão não poderia conspirar. Dino acabara de derrotar o grupo ao qual Brandão pertencia - Sarney - e fora oferecido por Zé Reinaldo como representação/ símbolo da traição.

Brandão acostumado com o perfume do poder "traiu" Zé Reinaldo/ mostrou-se fiel a Dino que errou de novo - o primeiro foi quando apoiou Roberto/ não Gastão/2014 - na escolha do vice/ 2018.

Brandão não é problema para a continuidade do projeto de mudanças mais profunda/ que acontecerá com a alternância em 2022 pelo voto popular. É o próprio Flávio Dino quem disse:

"O processo político no Maranhão não vai retroceder/ pois não depende da vontade do governador que devolveu ao povo o direito de escolher/ mudar/ alternar por meio do voto direto".

Agora o que importar é dar continuidade a gestão competente/ transparente/ exitosa. Dá mesma forma as articulações políticas devem pautar-se na lealdade/ liberdade/ princípios democráticos.

 




16 de janeiro de 2021

ÓBITOS EM QUEDA: DINO VACINA POPULAÇÃO CONTRA BOATO DE CONTAMINAÇÃO DA NOVA MUTAÇÃO DO CORONAVÍRUS DE MANAUS




 

CADA UM NO SEU QUADRADO : DINO DIPLOMATA DIZ QUE CARLOS BRANDÃO CONTINUARÁ VICE DISPOSTO A COMPARTILHAR MISSÕES DE ALTA IMPORTÂNCIA

O governador Flávio Dino com a diplomacia/ ética/ objetividade que lhe é peculiar afagou o ego de baiacu - aquele peixe cheio de merda que infla com carinhos  - de Carlos Brandão/ colocando-o no seu devido lugar como "vice disposto a compartilhar de missões de alta importância".


Carlos Brandão agradecido enfatizou os seis anos da parceria - governador/ vice. O governador Flávio Dino em entrevista observou : "como saudável várias pré-candidaturas ao governo em 2022"/ alertando "que os que não se viabilizem tenham capacidade para ceder". Quem deve ceder?


Brandão foi derrotado nas três instâncias de qualquer projeto político majoritário ( bases/ intermediários/ cúpulas - o voto popular/ nas Câmaras de Vereadores da maioria dos municípios/ na eleição entre os prefeitos (Famem). Brandão não se articulou em 6 anos como vice.


Carlos Brandão inegavelmente exerceu papel importante na atração dos projetos internacionais para o Maranhão. Assim deve continuar/ não atrapalhar o projeto de alternância política/ surgimento de novas lideranças que se habilitaram nas duas últimas décadas com Flávio Dino.


Brandão é contemporâneo da geração protegida pela ditadura/ por Sarney. Brandão figura na galeria política maranhense como político da transição entre a velha/ novas práticas políticas. Brandão ainda tem a "catinga dos coronéis". Basta ler/ ouvir sobre sua interinidade de 15 dias no governo. 


Alguns caíram "mais perdidos que cachorro quando saltam do caminhão de mudança" - Roberto Rocha/ José Reinaldo/ Waldir Maranhão - entre outros com caráter/ práticas comprometidas com o passado. Essa depuração é inevitável. Nem governo ou governador impedirá o Maranhão de avançar.





O OURO DE TOLO DE CARLOS BRANDÃO : DEPOIS DO APOGEU NA INTERINIDADE NO GOVERNO O OSTRACISMO PELA INABILIDADE POLÍTICA

Carlos Brandão que conheci despótico/ arrogante na infância não tem a menor aptidão para governar o Maranhão.  Monarquista por descendência/ convicção ideológica Carlos Orleans Brandão Junior é membro da quarta geração - pai/ filho/ neto/ junior - do tradicional/ conservador clã dos Orleans Brandão beneficiados desde o governo de João de Barros/ segundo governador do Maranhão/ no Primeiro Reinado.



A tradição monarquista/ a convicção do poder herdado pela osmose dos governadores faz  de Brandão um político prepotente/ sem habilidade na articulação de base. Durante séculos cargos/ funções foram exercidos pela família dado a proximidade/ proteção do Palácio dos Leões. A diferença é que com Flávio Dino/ Brandão foi posto a prova de "bater chapa"/ votos e perdeu para um "nascido do povo" - Weverton Rocha.


POR QUÊ NEM NA SOVAQUEIRA DE DINO DEU CERTO?

Brandão na cadeira de governador( 2022 )/ com a caneta na mão perderá para quem lhe faça oposição. Por quê ? O histórico de derrotas na sombra/ teto/ sala de decisões do Palácio dos Leões é recall eleitoral à ser considerado. Mas serão as restrições imposta pela legislação eleitoral de 2022/ que irão impedir as promessas de convênios/ asfaltamento de vias/ ambulâncias/ nomeações/ outros mimos eleitoreiros.



Da mesma forma que o tabuleiro político mudou coerentemente nas eleições dos municípios(2020)/ inclusive na Capital do Maranhão/ unindo-se contra o poder emanado do Palácio dos Leões voltará a acontecer em 2022/ caso Brandão assuma o governo. Carlos Brandão não é líder político capaz de enfrentar a oposição unida contra o governo . Isso ficou provado nas recentes eleições nos Municípios/ Câmaras Municipais/ na Famem. 



Brandão perdeu nas três instâncias políticas fundamentais de um projeto político majoritário  - voto popular( nos municípios/ inclusive na Capital/ nos principais colégios eleitorais )/ votos entre vereadores( nas Câmaras Municipais)/ votos entre prefeitos( na Famem). O conjunto da derrota permite concluir que em 6 meses/ acossado pelas restrições da legislação/ pela inabilidade monárquica Brandão será derrotado em 2022. 



O municipalismo tornou-se independente/ forte/ ágil com a vitória de Erlânio Xavier/ Weverton Rocha/ Othelino Neto/ Márcio Jerry nas eleições da Famem/2021. No dia seguinte Xavier já estava trabalhando/ fazendo as visitas institucionais para que o municipalismo avance da base para as cúpulas/ garantindo dentro do período legal os pleitos dos municípios junto ao governo estadual/ federal. Quem sabe faz a hora não espera acontecer.




CAAMA BUSCARÁ FORNECEDORES PARA ADQUIRIR VACINA CONTRA COVID-19 PARA ADVOGADOS MARANHENSES



Na tarde da última quinta-feira, 14, foi realizada reunião do Colégio de Presidentes de Caixas de Assistência – CONCAD, com participação do presidente da CAAMA, Dr. Diego Sá, e da vice-presidente, Dra. Cristiane Ribeiro. O encontro teve como pauta o cenário brasileiro na pandemia e a imunização contra a COVID-19.

Estruturado em cinco pontos, o documento estabelece algumas ações que serão empreendidas coletivamente, em seu favor, e da sociedade civil.

1 – Tão logo possível, BUSCARÃO FORNECEDORES DE VACINAS CONTRA O CORONAVÍRUS (SARSCOV-2), que não estejam concorrendo com o Poder Público, e observada a quantidade estritamente necessária à advocacia e desde que não acarrete qualquer prejuízo à sociedade civil;

2 – Tendo em vista a expertise adquirida com a vacinação contra a Influenza, todas as Caixas de Assistência dos Estados se colocarão oficialmente à disposição dos Secretários de Saúde dos estados, para o auxílio solidário à rápida imunização da sociedade civil contra a COVID19;

3 – Empreenderão esforços para a ALOCAR profissionais, tantos quantos necessários, para auxiliar a advocacia nos encaminhamentos para rede pública ou privada, de acordo com cada caso – tanto para titulares de planos de saúde suplementares, quanto para segurados gerais do Sistema Único de Saúde (SUS), de forma a garantir celeridade no atendimento e mitigar as consequências da COVID19;

4 – A CONCAD criará Comitê interno, composto por presidentes de Caixas de Assistência, para assumir em nome da entidade o enfrentamento da COVID19, no intuito de se aliar às iniciativas oficiais de combate à pandemia e suas consequências, a exemplo das articuladas em 2020, quando, de forma exitosa, foram mitigadas dores e sofrimentos advindos da pandemia, em vista das ações empreendidas contra a onda crescente de contágio da COVID19, resultante da experiência adquirida, sempre na linha das informações colhidas junto à comunidade científica e com observância dos protocolos estabelecidos pelo Poder Público;

5 – Ultimar todas as ações e iniciativas necessárias tendo como objetivo maior a preservação da vida dos integrantes da advocacia e da sociedade civil brasileira.

A Caixa de Assistência dos Advogados do Maranhão ciente do seu papel assistencial, ressalta que não mede esforços para realizações de combate e prevenção ao COVID19.

Confira o documento completo clicando no link: 

http://www.caama.org.br/wp-content/uploads/2021/01/NOTA-CONCAD-COVID.pdf 

PREFEITO EDUARDO BRAIDE OFICIALIZA PLANO DE VACINAÇÃO PARA CAPITAL DO MARANHÃO

 O prefeito Eduardo Braide apresentou, nesta sexta-feira (15), o Plano Municipal de Vacinação contra o novo coronavírus. A primeira fase da campanha deverá durar sete semanas e contemplará profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos residentes em instituições de longa permanência. O plano inclui a criação de um Centro Municipal de Vacinação para centralizar o atendimento, além de assistência médica ao longo de todas as etapas da imunização para garantir a efetividade das vacinas. A imunização da população ludovicense está prevista para começar na quarta-feira (20), segundo cronograma elaborado pelo Ministério da Saúde.



“Desde o início do processo de transição começamos a trabalhar na elaboração do Plano Municipal de Vacinação. Agora com as diretrizes dadas pelo Ministério da Saúde fizemos as adequações necessárias para que possamos começar a vacinar a população imediatamente após a disponibilização das doses. É importante destacar que o plano municipal seguirá as diretrizes do plano nacional elaborado pelo ministério. A população de São Luís também pode ficar tranquila, pois a Prefeitura já tem em estoque todo o quantitativo necessário de agulhas e seringas para realizar a vacinação de todo o público-alvo da primeira fase da campanha bem como local seguro e adequado para acondicionar as doses que forem enviadas para a nossa cidade”, informou o prefeito Eduardo Braide.

Na primeira fase da vacinação serão imunizados cerca de 37 mil profissionais de saúde e 143 idosos em instituições de longa permanência. Os idosos serão vacinados na própria instituição onde residem. Para este público serão disponibilizadas equipes de vacinação que irão fazer a aplicação das doses in loco. Para isto, os idosos serão cadastrados previamente no aplicativo Conecte-SUS, do Ministério da Saúde, que funcionará como uma carteira de vacinação digital e será usado em todo o país durante a Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid.

Já os profissionais de saúde se imunizarão no Centro Municipal de Vacinação. Toda a primeira fase durará sete semanas. Nesta etapa serão disponibilizadas doses das vacinas desenvolvidas pelo consórcio da farmacêutica britânica AstraZeneca e da Universidade de Oxford. O lote foi fabricado pelo laboratório indiano Serum e importado pela Fiocruz. Também serão disponibilizadas seis milhões de doses da vacina Coronavac, desenvolvida pela parceria Sinovac-Butantan.

Para que a pessoa possa, de fato, ser imunizada é preciso tomar duas doses da mesma vacina. Por isso, no ato da vacinação o paciente será informado sobre qual tipo de vacina tomou, o lote e o fabricante. Estas informações também serão incluídas no cadastro do paciente no aplicativo Conecte-SUS para que as equipes de vacinação tenham o devido controle. A segunda dose da Coronavac deve ser aplicada três semanas após a primeira. No caso da vacina da AstraZeneca a segunda dose deve ser feita três meses depois.

“Nós estamos com nossa estrutura pronta para atender aos primeiros indicados no público-alvo, conforme estipulado pelo Ministério da Saúde. A partir do momento em que novas doses sejam recebidas, a cobertura será ampliada. A população pode ficar tranquila que a capital está em diálogo constante com o Governo Federal e seu corpo técnico para orientar a população quanto à administração das doses”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

Centro Municipal de Vacinação – A primeira etapa da vacinação contra a Covid, em São Luís, será realizada no Centro Municipal de Vacinação cujo endereço será divulgado nos próximos dias pela Prefeitura. O espaço terá área de triagem para investigar se o paciente tem condições de ser imunizado. A triagem é fundamental porque quem estiver infectado pelo coronavírus ou quem já teve a Covid-19 só poderá ser vacinado 28 dias após a suspenção dos sintomas.

O Centro também terá sala de apoio onde o cidadão ficará em observação por alguns minutos após a aplicação da dose da vacina para verificar o surgimento de algum possível efeito colateral. Havendo manifestações adversas, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) prestarão o primeiro atendimento. Se houver o agravamento do quadro e a necessidade de remoção do paciente para uma unidade de saúde, a unidade definida como referência para este tipo de atendimento em São Luís é o Hospital Municipal Dr. Clementino Moura (Socorrão II).

À medida que os números de doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde forem sendo ampliados, o quantitativo do público-alvo e novos pontos de vacinação também serão disponibilizados pela Prefeitura. As demais fases da vacinação vão ser definidas à medida que forem informadas as diretrizes do Plano Nacional de Imunização. Por isso ainda não há datas definidas para outros públicos.

Próximas fases – Segundo o Plano Nacional de Imunização, a segunda fase da vacinação contemplará idosos em geral acima de 60 anos, um público estimado de quase 80 mil pessoas em São Luís. Neste grupo, os idosos que tiverem mobilidade reduzida ou estiverem acamados serão vacinados em casa. A terceira contemplará pessoas que apresentem alguma comorbidade. Os portadores de comorbidades que estiverem acamados também serão vacinados em casa.

Nas etapas seguintes serão imunizados profissionais da educação, pessoas com deficiência permanente severa e não severa, membros das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores do transporte coletivo, aéreo e de carga, população privada de liberdade e população em situação de rua.

O público-alvo das fases de vacinação poderão ser alterados mediante diretrizes do Ministério da Saúde.

GOVERNO E MUNICÍPIOS ALINHAM ESTRATÉGIAS PARA GARANTIR VACINAÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS

 Ao longo desta semana, o Governo do Maranhão está alinhando com municípios estratégias para reforçar o enfrentamento à Covid-19 no estado. Entre as iniciativas, está o fortalecimento do trabalho desenvolvido pelas prefeituras na Atenção Primária à Saúde. O diálogo acontece até esta sexta-feira (15), durante o Encontro com Gestores da Saúde, realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).



Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, a renovação nas gestões municipais foi muito grande e a preocupação é que haja a continuidade dos serviços, principalmente no combate à Covid-19.

“Praticamente 70% dos municípios tiveram as suas gestões renovadas, e temos muita gente que está gerindo pela primeira vez uma Secretaria de Saúde. Estamos colocando a SES à disposição de todos e ao mesmo tempo traçando estratégias com os municípios e cobrando os planos municipais de imunização. Neste encontro, estamos alinhando também como será a dinâmica da vacinação contra a Covid-19 no Maranhão”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

15 de janeiro de 2021

IGUAÍBA: PREFEITURA DE PAÇO DO LUMIAR AGIU RÁPIDO E GARANTIU TOTAL ASSISTÊNCIA AS FAMÍLIAS VÍTIMAS DE INCÊNDIO NO RESIDENCIAL PRIMAVERA

 A prefeitura de Paço do Lumiar agiu rápido para garantir total assistência às quatro famílias que tiveram seus imóveis atingidos por incêndio na quinta-feira (05), no Residencial  Jardim Primavera, no Iguaíba.  Apesar do corpo de Bombeiro ter contido as chamas, pelo menos quatro  imóveis ficaram totalmente destruídos e foram interditados.



Preocupada com as situações das vítimas, a prefeita Paula Azevedo determinou atenção redobrada para o caso e disponibilizou profissionais da Saúde e da Assistência Social para acompanharem o caso de perto.

De acordo com a prefeitura, toda assistência possível está sendo dada às  vítimas do incêndio. “A prefeita Paula Azevedo determinou que fosse tomada as providências para garantir assistência médica aos que tiveram queimaduras e a prefeitura está presente, acompanhando e assistindo as famílias. Além da preocupação com a saúde, está sendo providenciado, através do CREAS – Centro de Referência Especializado em Assistência Social, o aluguel social, uma forma de garantir moradia às quatro famílias que ficaram sem os seus imóveis”, diz a nota da prefeitura.

ARTÍFICE DA VITÓRIA DO MUNICIPALISMO NA ELEIÇÃO DA FAMEM OTHELINO RECEBE A VISITA NA NOVA DIRETORIA DA ENTIDADE E RESSALTA A IMPORTÂNCIA DA PARCERIA

 O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), recebeu, na manhã desta sexta-feira (15), a visita do presidente eleito da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier, que comandará novamente a entidade no biênio 2021-2022. O gestor esteve acompanhado de membros da nova Diretoria, prefeitos e ex-prefeitos da base aliada.


Na reunião, o chefe do Legislativo maranhense frisou a importância da proximidade com a entidade em prol da população maranhense. “Nós manteremos sempre o bom relacionamento institucional e político porque essa capacidade de diálogo que a atual direção da Famem tem com a Assembleia, os demais poderes e órgãos constitucionais autônomos é muito importante para a sociedade. Da nossa parte, continuaremos sempre abertos aos gestores, fortalecendo o municipalismo para que os serviços cheguem mais perto dos cidadãos”, afirmou Othelino.

O presidente da Famem, Erlanio Xavier, que é prefeito de Igarapé Grande, agradeceu a parceria. “Somos gratos ao presidente Othelino Neto, que sempre esteve de portas abertas para os prefeitos do nosso Estado, sem distinção de cor partidária, e buscando praticar a boa política”, disse.

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, esteve no encontro, oportunidade na qual também reforçou a importância da parceria permanente com os prefeitos. “Os gestores dos 217 municípios precisam ser parceiros do Ministério Público e nós temos de ser os orientadores de todas as prefeituras. Os nossos promotores estarão em suas comarcas para orientá-los em tudo o que precisarem”, afirmou.

Na ocasião, Nicolau ressaltou a importância do diálogo que o Ministério Público mantém com a Assembleia Legislativa. “Vim visitar o presidente desta Casa, o deputado Othelino Neto, para reforçar a parceria que mantemos com o Parlamento. Os poderes constituídos devem sempre primar pelo diálogo institucional em favor dos cidadãos”, completou.

Agradecimentos

Prefeitos presentes à reunião manifestaram agradecimentos pelo apoio da Assembleia Legislativa. Fernando Pessoa, prefeito de Tuntum e tesoureiro da Famem, destacou que a união entre a entidade e o Parlamento tem contribuído para o enfretamento das dificuldades pelas quais os municípios passam. “Esse apoio deixa os municípios muito mais fortes e, por isso, estamos sempre buscando pelo fortalecimento das instituições, pois este é o melhor caminho para promover dias melhores ao povo do Maranhão”, frisou.

O prefeito de Parnarama, Raimundo Silveira, também destacou o valor da união e da aproximação com a Assembleia Legislativa. “Temos um presidente neste Parlamento que é um exemplo para todos nós, sempre aberto ao diálogo e que recebe todos os prefeitos com muito respeito. E o Erlanio, que fez um mandato muito bom à frente da Famem, é o presidente da entidade que mais agregou. Por isso, não tenho dúvidas de que, agora, ele será muito melhor ainda com a experiência adquirida”.








COMEÇOU BEM E DETERMINADO : EDUARDO BRAIDE ANUNCIA QUE 148 MIL LUDOVICENCES VÃO SER IMUNIZADOS EM 21 SEMANAS


 


O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Dr Joel Nunes, anunciou nesta sexta-feira (15), o plano de imunização na capital maranhense. O primeiro momento será dividido em três fases com intervalos de sete semanas entre cada um, prevendo uma vacinação de 148.301 ludovicenses em um prazo de 21 semanas.

A vacinação no dia 20 de janeiro começará de forma exclusiva a 143 idosos residentes em instituições de longa permanência e 36.917 profissionais da saúde de São Luís, estes receberão a imunização no Centro Municipal de vacinação, que ainda será definido. Essa primeira fase tem uma estimativa de duração de sete semanas.

Na segunda fase, 79.883 idosos acima de 60 anos vão ser vacinados em um prazo de sete semanas. A terceira fase contemplará 31.358 pessoas que possuem comorbidades em São Luís. Essas duas fases ainda não possuem datas precisas para o inicio.

Para os professores, profissionais da segurança pública, transporte, aviação etc, a vacinação ocorrerá em uma quarta fase que não há previsão de inicio e nem quantitativo de doses, pois dependerá da disponibilização do Governo Federal.

Eduardo Braide ainda destacou que a vacinação ocorrerá com a aplicação de dois tipos de vacina – Astrazeneca e Sinovac – e lembrou que as duas doses aplicadas devem ser do mesmo laboratório, por isso haverá um rigoroso controle na imunização.