Publicidade

MUDANÇA DE FATO E DE DIREITO : LICITAÇÃO SEM CARTAS MARCADAS/ NOITADAS DE TRABALHO SEM BARALHO

O resultado da licitação para gerir a propaganda do governo estadual orçada em 37 milhões, teve resultado inusitado.

As classificadas- Clara/Ab/Mallmam - seriam historicamente ligadas por laços de trabalho a oligarquia derrotada.

O desfecho do certame da propaganda estadual é o símbolo do governo Dino- licitação limpa/ sem cartas marcadas/ sem cartel. 

Este governo é honesto. Diferentemente de outros as noitadas são de trabalho/sem baralho, onde se decidiam antecipadamente licitações.

2 comentários:

Anônimo disse...

Caro Cesar Bello,
O Caridoso dessa vez extrapolou todos os limites. Pago pelo Prefeito Afastado Atemir, ele e seus filhos, estão divulgando que o Prefeito em exercicio foi preso por porte ilegal de arma e com dinheiro. Mentira cabeluda que não possui a minima procedencia, que o Prefeito já pediu o direito de resposta, mas o cafageste não publica. veja o texto abaixo:
Francisco Gomes da Silva

17/06/2015 às 11:59
Prezado, Sr. Luís Cardoso,
Venho por meio deste, me manifestar acerca de matéria publicada em seu blog, luiscardoso.com.br, intitulada “Prefeito de Alto Alegre do Pindaré é preso com dinheiro e porte de arma ilegal”.
Informo ao nobre jornalista, que tal FATO não corresponde com a verdade.
Não houve qualquer prisão por porte ilegal de arma tampouco por transportar qualquer quantia em dinheiro.
Neste momento, me encontro na sede da Prefeitura Municipal de Alto Alegre do Pindaré, onde venho exercendo um árduo trabalho, para sanear as mazelas deixadas pelo gestor afastado Atenir Ribeiro Marques.
Certo de contar com a sua colaboração com o intuito de combater tal informação MENTIROSA, me ponho à disposição para esclarecimentos.
Alto Alegre do Pindaré, 17 de junho de 2015.
Francisco Gomes da Silva
Edésio
Prefeito Municipal de Alto Alegre do Pindaré

José Wellington disse...

Puta merda! Quer dizer que você aprova tal licitação?! 37 milhões para publicidade?! Isso é sacanagem! Sou contra o uso de dinheiro público para propaganda governamental, não importa quem seja o governador.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.