PRESO PLAYBOY AGRESSOR DA MÃE

O doutor Augusto Cutrim/ Promotor de Defesa do Idoso da Capital de forma diligente/ competente pediu/ foi decretada pela Justiça Estadual a prisão do playboy Roberto Elísio flagrado/ constrangendo/ ameaçando/ maltratando/ espancando a própria mãe que estava oficiosamente sob sua guarda acometida do Mal de Alzihamer.

 

Roberto Elísio sempre tratou pai/ mãe como empregados. Filho único com aparência idêntica ao pai foi mimado/ possuindo/ dirigindo carrões "guaribados" antes dos 18 anos. A vida de playboy/ ostentador de Roberto Elísio foi patrocinada pelos pais funcionários públicos bem remunerados. Elísio é um entre tantos exemplos de filhos malcriados.

Com a morte do pai/ doênça da mãe Roberto Elísio que deveria zelar pelos cuidados da mãe/ passou ameaçá-las de internação como fazem muitos filhos com os pais/ e ainda agredindo-a com tapas/ com palavras de baixo calão. Os vídeos mostram que o "terror" estabelecido em casa faziam a mãe/ esposa/ funcionários amedrontada chamá-lo de "senhor".

A prisão é necessária diante do clamor público/ da ordem legal/ da saúde física/ metal da idosa agredida/ ameaçada covardemente/ monstruosamente pelo filho a quem ela dedicou toda a vida com esmero/ atenção. O MP agiu de forma rápida/ competente não permitindo as manobras do agressor  que se diz "esquizofrênico de ocasião".

4 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.