SHAZAN/ DELAÇÃO VIROU COMÉDIA : BASTAVA DIZER "CHARUTO" E O CAIXA 2 PAGAVA

Ninguém leva mais a sério as últimas postagens sobre a delação contra Flávio Dino. Bandideça reproduziu temeroso matéria do Blog Atual 7/ de Yuri Almeida - aquele filho de Luis Cardoso levado coercitivamente para Polícia Federal/ enquanto o pai Luís Cardoso/ os dois irmãos Luís Pablo/ Neto Ferreira permaneciam presos por extorsão/ formação de quadrilha/ corrupção entre outros crimes contra o patrimônio/ ordem pública.

Por quê nem Bandideça teve coragem de reproduzir toda a matéria. Porque ninguém consegue levar a sério/ ler sem dar gargalhadas. Segundo Yuri Almeida/ o "Baixinho da Extorsão" a propina era dada da seguinte forma : Dino dizia "vim pegar o meu charuto"/o delator entregava o dinheiro. A hilária versão peca por uma simples/ importante razão a senha segundo delator era subjetiva/ inventada - "por exemplo Charuto".  Mas não é só isso.

Resultado de imagem para charuto cubano

Local da entrega ? Persiste a evasiva resposta - Brasília. Qual o local ? Plano Piloto ? Qual Cidade Satélite ? O delator diz que não tem a menor ideia. Qual o nome da pessoa que entregou ? "Tutar" é o nome do doleiro/ lobista prestador de serviço apresentado no geral/ em uma provável alusão ao fato de tweetar -  Twitter. São apresentados dois nomes de como "Tutar" : Benedito Junior/ o BJ/ Claudio Melo Filho/ o CMF. Cria-se uma planilha/ alcunha/ valor/ senha  como um testamento divino?

Resultado de imagem para lobista charge

Sabem por quê Bandideça não reproduziu a matéria de Yuri Almeida/ o BE - "Baixinho da Extorsão" ? Dias antes Bandideça publicou outra tabela com referência Flávio Dino ( a branca/ abaixo da verde) com a quase imperceptível diferença : o local da entrega é São Paulo/ não Brasília. É o próprio dono da Odebrechet/ Marcelo quem diz em delação premiada que estes executivos epigrafados inventavam planilhas para se locupletarem?

Governador do Maranhão é identificado como ‘Cuba’ na planilha de propina do ex-Odebrecht Benedicto Júnior. Esquema entre a empreiteira, políticos e agentes públicos foi desbaratado pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.
Diante destas postagens/ das declarações na delação do próprio Marcelo Odebrechet - de que os executivos criavam planilhas para se locupletarem com pagamentos de propinas fictícios - das contradições nas versões quanto ao local nos próprios documentos apresentados para Força Tarefa  - ora o local de entrega é em Brasília-DF/ ora em São Paulo - permito-me também contar uma piada/ envolvendo jornalistas/ blogueiros em Cuba.

Um blogueiro "caridoso" que vivia nababescamente durante o período de gordas extorsões/ começou a passar necessidades depois de descoberto pela PF. Observador percebeu que existia uma senha para comprar BMW. Bastava chegar em uma concessionária de carros importados de um deputado estadual passar a mão na barba/ dizendo "Polícia Secreta de Fidel Castro". Ele não tendo barba/ puxou o dono da loja/ abaixou a cueca/ coçou os pentelhos/ dizendo "Polícia Supersecreta de Fidel Castro".

Resultado de imagem para coçando pentelho

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.