MENTALIDADE PIMENTA DO REINO : FIM DO MONOPÓLIO / LIVRE CONCORRÊNCIA INCOMODA ATACADISTAS QUE VENDEM COMO FAZENDO FAVOR PARA O VAREJO

A primeira engrenagem financeira a se mover positivamente diante da crise brasileira foi a indústria(setor primário) - cresceu 1,4%/ em janeiro depois de 34 quedas consecutivas. 

O comércio(setor terciário) - atacado(grandes vendas)/ varejo(pequenas vendas) - segunda engrenagem na catraca do desenvolvimento da economia precisa ser bem estimulada.

É justamente isso que fez de forma inteligente/ transparente o governo Dino/ promovendo por via legal estimulo a criação de Centro de Desenvolvimento Atacadista no Maranhão.

A Lei do Desenvolvimento do Comércio Maranhense aprovada na quinta-feira(30) prevê a criação do redentor  Programa de Incentivo ao Desenvolvimento dos Centros de Distribuição do Maranhão.

A oposição oligárquica - Adriano Sarney/ Andréa Murad/ Eduardo Braide/ Edilásio Junior/ Souza Neto - outra vez na contramão quer tratar igualmente empresas desiguais/ estimulando desigualdades.

A Lei do Desenvolvimento do Comércio Maranhense garantirá pagamento de apenas 2% de ICMS para as empresas com capital social de 100 milhões/ que empreguem mais de 500 empregados no Maranhão.

O transparente governo de Flávio Dino baniu do ambiente de negócios no estado/ o ilegal/ imoral instituto do "ágio de instalação/ duração"/ que afastava os grandes empreendedores do Maranhão.

A Lei do desenvolvimento do Comércio Atacadista Maranhense vai com certeza atrair as grandes empresas nacionais/ estrangeiras - o ambiente de negócios é limpo/ com o pagamento do ICMS em 2%.

O que quer a oposição comercial/oligárquica ? Que o comércio atacadista maranhense continue falido no "Buraco Cheiroso"/ no Bairro do João Paulo ? Por quê os atacadista localizados no João Paulo faliram ?

Cada comerciante tinha monopólio de um gênero/ ou gêneros alimentícios/sem concorrência/as vendas eram feitas como no tempo do Império - "estou de fazendo favor de vender a pimenta trazida do Reino".

O consumidor "virou rei"/ atacadistas de outros estados se instalaram nos bairro periféricos/ distribuindo direto para os varejistas gêneros alimentícios sem "rótulo"/ "marca" com qualidade.

Os Murad faliram as suas empresas pela miopia "do Reino" - eram amigos do rei/ casado com a princesa/ pagavam de um lado/ recebiam do outro". Como diz a música dos "Titans" " a gente não quer só comida". 

Desculpem a baixa produtividade na quinta-feira(30). Ontem tentei marcar consultas/ encaminhar soluções para melhorar a renda/ com outras atividades profissionais liberais. Vamos desenvolver também. 


 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.