QUARTA-FEIRA DE CINZAS FORA DE ÉPOCA : BRASIL DOS POBRES AMANHECE TRISTE/ ANOITECE REVOLTADO

O Brasil dos pobres - aquele que o governador Flávio Dino tenta mudar a realidade no Maranhão - amanhece triste diante da possibilidade real do afastamento da Presidente Dilma pelo Senado.

Questões de ordem são levantadas por aqueles que defendem a Presidente Dilma. No entanto "está consumado"/ como disse Cristo nas suas últimas palavras. O "povo- Cristo" vai para o sacrifício.

A elite paulista exigirá o fim do Bolsa Família/ Bolsa Educação/ Minha Casa Minha Vida. Michel Temer em atendimento a FIESP admite rever os critérios das aposentadorias/ conquistas trabalhistas.

O argumento das doutrinas antropológicas sobre a "preguiça" do nordestino encobrem a exploração capitalista da mão de obra barata destes pobres em São Paulo. O golpe é financiado pela FIESP.

Resta repetir amargurados versos/ disfarçados em nome do poeta famoso/ para ganhar respeito dos que me odeiam  : "Vejo a noite para amanhecer/ amanhecer para ser dia/ dia para quanto ser".

Desculpem a absoluta falta de tempo. Deveres de filho - participo das tarefas para recuperação da minha mãe desde a madrugada/ ofício de pai manhã/tarde - acompanho as atividades do filho. 

4 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.