Publicidade

A "LÓGICA" EXTORSIVA DOS CRIMINOSOS DA MÍDIA LOCAL/ NACIONAL QUE QUER CONCE$$ÕES NÃO VAI FUNCIONAR COM FLÁVIO DINO

A lógica furada dos criminosos da mídia que quer conce$$ões -  "Estado de São Paulo"/ "Estado do Maranhão - repercute afirmações sobre Pedrinhas destituídas de qualquer fundamentos probatórios/ estatísticos. Baseia-se apenas o entendimento dos "humanistas" Wagner Cabral/ Antônio Pedrosa.

Os jornalistas diplomados das mídias citadas dizem que o governo para manter a paz em Pedrinhas se rendeu a lógica dos criminosos - não mata dentro de Pedrinhas/ mata/ assalta do lado de fora. Mas o número de homicídios intencionas na Grande São Luis - 12% menor em 2015 - prova em contrario.

O Jornal "O Estado de São Paulo" adota a mesma lógica jornalística há quatro séculos - bater para forçar conce$$ões dos governos.  Se o "Estadão" espera o governador Flávio Dino faça conce$$ões, vai passar quatro séculos sem receber um centavo. Essa lógica extorsiva não funcionará com Dino.

O Jornal "O Estado do Maranhão" durante meio século alternou silêncio remunerado/ denuncismo forçado de acordo com favores/ rigores dos governadores. Pedro Neiva/ Nunes Freire/ João Castelo/ José Reinaldo só sofreram os rigores depois do rompimento - após 2 anos de governo.

Jackson Lago expulsou os jornalistas da Mirante do Palácio dos Leões. Flávio Dino não impediu/ nem impedirá a presença de jornalistas do EMA nas dependências dos Leões. Dino adota relações institucionais sem distinção com membros/ equipes/ direção das mídias locais/nacionais/ internacionais.

A postura - séria/ honesta/ transparente/ igualitária -  de Flávio Dino permite a todos aqueles que acreditam no seu excelente governo, dizer que a lógica extorsiva criminosa do membros/ da direção/ jornalistas do "Estadão"/"Estado do Maranhão" não vai funcionar com o governador do Maranhão. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Caro César, você não atentou para quem fez a matéria do Estadão? É o blogueiro do Emirados, filho de Emirzão, cujo currículo dispensa qualquer apresentação de decencia e imparcialidade. Não por acaso ele era assessor de Edinho Lobão. Saca só. Já este ano, ele deu uma barrigada tão grande, no afã de atacar o governo Flávio, que o jornal se viu obrigado a cortar quase todos os parágrafos e se retratar publicamente. Quanto à turma da Avenida Ana Jansen, a derrota de 2014 é a credencial deles.

Cesar Bello disse...

Rapaz a matéria é destituída de qualquer fundamento. feita na base do eu acho - Wagner Cabral/ Antônio Pedrosa - que eu não atentei para o jornalista que assinava a matéria.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.