Publicidade

RELATOS DO ESCAMBAU : QUEM FOI O BLOGUEIRO CARIDOSO - O PAI/ OU O FILHO - QUE DEPENOU "LOIRA FATAL" ?

Nas mãos das autoridades relatos da "Loira Fatal" - aquela que aparecia execrada nas colunas de um dos blogueiros "caridosos".

loirona 
"Loira Fatal" relatou as autoridades que um dos blogueiros "caridosos" a extorquiu - pediu dinheiro para não publicar fotos íntimas.

loira fatal4 
"Fatal" é acusada de aplicar golpes em políticos/ empresários. Mas nada justifica o suposto achaque praticado pelo blogueiro caridoso.

"O crime é a negação do direito. A pena a negação do crime. Portanto a pena é a negação da negação do direito" - premissas iniciais de Hegel.

Como toda negação de uma negação é afirmação, a pena reafirma o ordenamento jurídico violado pelo crime" - conclusão do silogismo de Hegel.

Toda extorsão é um crime previsto no ordenamento jurídico. Portanto a pena serve reafirmar o ordenamento jurídico violado por "Loira Fatal".

Como classificar a extorsão em cima dos estelionatos de "Loira Fatal"? O crime de extorsão sob os crimes de estelionato garantiu o silêncio da vítima ?

Era assim que funcionava o esquema de estelionato "caridoso" ? Sob pessoas envolvidas em crimes/ desvios/ improbidades ? Tudo vai ser apurado.

2 comentários:

Anônimo disse...

A FAMIGLIA CARIDOSA VIVE DE ACHACAR AS PESSOAS, VALENDO SE COMO SEMPRE DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO, PREVISTO NA CONSTITUIÇÃO , MAS INCORRE NOS EXCESSOS E NO ABUSO ,DAÍ A NECESSIDADE DO MP ACABAR COM ESSA QUADRILHA

Cesar Bello disse...

Isso não é liberdade de expressão. Isso é extorsão. Eles se valem da condição das vítimas - envolvidas em crimes/ improbidades/ desvios e condutas - como no caso da "Loira Fatal". Qual o achacado que vai querer se expor ? Mas tenha certeza que os sofisticados mecanismos de investigação vai flagrar essa organização criminosa, que esbanja/ ostenta.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.