Publicidade

BARRACO E BRAHMA : FÁBIO CÂMARA DESCATITA ANDRÉ CAMPOS/ EM COMPARAÇÃO INFELIZ DIZ : "SÃO LUÍS TEM MICROCEFALIA E MICROCANDIDATURAS"

Uma briga entre os miranteanos e "marrapá" ganhou postagens nos blogs - os miranteanos defendem a candidatura de Fábio Câmara/ marrapá defende André Campos, candidato de Roberto Costa.

Câmara usa a frase "nós podemos sim" do Presidente dos EUA, Barak Obama. A diferença está na fala. Câmara é só "barraco ou Brahma" - brigas/farras.

Câmara descatitou o adversário dentro do PMDB, o Presidente da Funasa André Campos. Infeliz disse : "São Luís tem microcefalia e micro-candidaturas".

Câmara pode botar a bolsa de corretor debaixo do braço/voltar a vender assinaturas de jornais/ revistas/ diário oficial. Não tem faro/ nem preparo.

Microcefalia e microcandidaturas ! Fábio Câmara/ André Campos são dois bons exemplos. A briga do PMDB virou "siri na lata", com direito a comercial.

Os miranteanos faturam de Fábio Câmara/ marrapá direto do gabinete de Roberto Costa. Quando a gente pensa que  aliado anda prá frente/ dá prá trás.

10 comentários:

Anônimo disse...

Ele é conhecido pelo nome de Cesar Bello. Não sei se ele tem outros nomes, mesmo tendo passado parte de minha infância e adolescência convivendo com ele. Somos contemporâneos. Frequentávamos os mesmos lugares quando erámos crianças e adolescentes. Praticávamos esportes no Lítero e no Jaguarema. Para você que é mais jovem, Lítero e Jaguarema eram os dois principais clubes sociais de São Luís entre os anos 50 e 80.
Os filhos dos sócios destes clubes frequentavam as escolinhas de esportes existentes neles. Eu praticava basquete e junto comigo estavam Rachidinho, Gercinho, Charles, Tadeu, Ferreirinha, Eduardo Figueiredo, Eduardo Castelo Branco, Zé Galinha (falecido), Valmir, Edgard e os irmãos Newton e Cesar Bello.
Erámos alunos dos colégios Batista, Marista, Escola Técnica, Zoé Cerveira… A cidade de São Luís tinha apenas 350 mil habitantes em 1974. Essa pessoa da qual falamos via o esporte como uma mera possibilidade de extravasar seus recalques e suas angústias.
Ele sempre foi uma pessoa problemática, sempre foi o que as pessoas chamavam na época de “perdido”. Isso se pode constatar perguntando aos contemporâneos, aos professores como Gafanhoto, Paulão, Carlos, Sergio…
Está pessoa tem um defeito físico e todos o chamavam por um apelido alusório. Eu nunca fiz isso. Não que eu fosse melhor que meus colegas, mas porque era muito tímido e retraído.
Newton, o irmão dessa pessoa, sempre foi mais simpático e amável que ele. Elizabete, a irmã deles era uma das moças mais bonitas daquela época, mas os três foram criados de maneira diferente daquela com que eu e alguns outros amigos fomos criados. Eles tinham uma vida muito mais liberal e pouco controlada que nós.
O tempo se passou e as distâncias ocasionadas pelas formas educacionais e culturais foram ficando cada vez mais evidenciadas. O acesso ao álcool e às drogas transformaram alguns daqueles jovens em verdadeiros marginais. Alguns tiveram que ser internados em clínicas de tratamento de dependentes químicos, uma, duas, três e mais vezes.
Lembro que um grande amigo deste cidadão, alguém que ele hoje insulta e agride o levou pessoalmente para interná-lo em uma clínica em Goiânia. A paga que o cão danado dá a quem lhe cuida é a mordida raivosa.
Este sujeito, que já tinha o vírus da amargura, adquirido por via genética, desenvolveu o vírus do recalque por vias profissionais. Advogado teve sua inscrição na OAB cassada por transgressões ao código de ética da categoria. Desenvolveu o vírus da inveja por ver todas as pessoas com quem conviveu na infância e na adolescência vencerem na vida e ele ficar estagnado por não ser capaz de construir nada, porque tudo em que coloca a mão, estraga.
Ele deve olhar para mim e ver que ele poderia ser pelo menos um pouco parecido comigo. Ele deve ver que me formei em direito, que me elegi deputado aos 22 anos e que continuei fazendo o que desejava e que em tudo tive algum sucesso, e ele deve ter se perguntado: por que isso não acontece comigo? Ele deve me ver escrevendo meus livros, realizando meus filmes, entrando pra a AML e se perguntando, por que isso não acontece comigo, eu que cito tantos escritores e filósofos como se fosse um cuspidor de cultura superficial e rasteira. Ele deve me ver feliz com minha família, minha mulher e minhas filhas e se perguntar por que ele não pode ter aquilo, como eu tenho. A resposta é simples. Ele não plantou, logo não pode colher.
Uma vez já tive ódio dele. No dia em que em um de seus textos imbecis ele agrediu uma de minhas filhas. Cheguei a pensar em procurá-lo para dar-lhe uma surra como no tempo antigo, mas a sabedoria que acumulei nesses anos todos serviu para ver que encostar a mão numa criatura fétida só iria fazer com que eu me sujasse.
Não há nada que pague saber que todos sabem fazer a diferença entre Joaquim Haickel e Cesar Bello.


Joaquim Haickel!

Anônimo disse...

César, não existe indivíduo mais asqueroso que esse capanga de Ricardo Murad chamado Fábio Câmara. Se o diabo tiver contra ele, eu apoio.Manda ele pagar minha conta de luz.

Anônimo disse...

Fábio

Agora vc me detona né Cesar?
Na época em que vivias no meu gabinete, na Câmara de São Luís, o discurso era outro.

Cesar Bello disse...

Joaquim Haickel assina e posta como anônimo. A contradição é evidente. Joaquim Haickel, o "Mãe Nagiba" nunca conviveu comigo. Nunca fiz questão de frequentar a elite dos clubes sociais, em especial o Jaguarema. Sempre fui contra a divisão social em castas - até a praia do Olho D'água era dividida entre pobres e ricos. Joaquim Haickel se aproveitou de todo o processo oligárquico/ divisionista sobre o qual sempre fui contrário. Então o que ele chama de problemático é coerência. Tudo que Haickel conquistou foi por influência de fernando sarney/ edinho lobão. O que eu almejei era vetado pelas minha personalidade. Nagiba mente como os Sarney a meu respeito - drogas/ loucura/ exclusão da OAB/ internações em manicômios. Esse processo difamatório nunca vingou. O meu comportamento/ o meu cotidiano desmentem. Nunca nenhum dos meus detratores mostrou algum documento da minha exclusão da OAB-Ma porque não existe exclusão. Mostrem prontuários em manicômios. Essaa desqualificação não vinga. Agora fica a pergunta porque Haickel atravessou o texto quando critico Fábio Câmara e André Campos ? Marrapá tem um colega de traquinagens muito amigo de Nagiba. Um passarinho me contou que Marrapá pediu autorização de Nagiba para reproduzir o texto antigo. Marrapá e seus "paletós" não gostam que mostrem o "freio da cueca"'- aquela marca suja no fundo. Aí pediram para reproduzir o texto do gordo. Não me atinge em nada. Todo insulto de Joaquim Haickel é elogio.

Cesar Bello disse...

Fábio Câmara quantas vezes lhe disse para você se afastar de Sarney/ Murad. Nossa convivência não podia dar certo. Meu discurso no seu gabinete e em outros lugares foi para que você se afastasse de Sarney/Murad. Você escolheu continuar com eles, então como eu poderia conviver com você. Não mudei o discurso e a prática. Fábio você não teve coragem de romper. Eu lhe mostrei o caminho/ mas você preferiu o comodismo/ a falsa proteção. Como você é manobrável/ cordato/ cordeiro/ tolo eles vão te usar até quando puderes. Meu discurso é o mesmo, a minha prática também.

Cesar Bello disse...

Fábio Câmara me procurou revoltado com Ricardo Murad- não apoiou sua candidatura a deputado estadual/ preferiu a filha e o genro. Eu disse para Fábio que ele tinha chance de se eleger/ bastava ter coragem de denunciar as escolhas de parentes em detrimento de lideranças. Mas Fábio amarelou/ só voltando a procurar-me quando o critiquei. Será que Fábio pensa que sou igual a uns e outros - pagou não tem defeito. Marrapá tem cada uns e outros. Pede texto pra Nagiba porque não tem coragem de desmentir que recebe de Roberto Costa para de forma sublimar apoiar André Campos. Faz o mesmo jogo dos miranteanos. Tô fora deste tipo de conduta. Sarney/Murad são adversários e seus apêndices só merecem elogios se tiverem coragem de denunciar o processo que vivenciaram. Eu tive/ tenho essa coragem desde os 26 anos de idade. O testemunho é uma grande contribuição para a mudança das condutas políticas. Repetir o erro -- formar falanges para se beneficiar é tanta canalhice quanto a praticada há décadas. Se estamos de um lado vamos praticar a conduta estabelecida - transparência/ honestidade/ lealdade crítica.

pereira vieira corretor de imóveis disse...

Dom César, não sei como aguentas tanta porrada!
O que me revolta como internauta e leitor assíduo desse blog é que os ofendidos não passam de borra-botas!
Mãe nagiba se orgulhando de ter frequentado jaguarema; ia pra lá pra Puxar sacos dos colegas famosos... Desqualificando-te mãe nagiba pensa que deixaremos de criticar esse modelo medíocre que se estabeleceu nesta província do grão-para? Onde só os ricos terão sucesso na vida!
E o que falar de Fábio câmara? Um coitado que acha que conseguiria passar da cozinha pra sala de Ricardo Murad? Que usa expedientes ultrapassados de fazer política! Que guarda no bolso do paletó nota fiscal de almoço pra jogar na cara daqueles que não batem palmas pro bacana que sonha e fazer carreira política! Que troca votos por conta de água e luz! Que paga caixão em velório pra posar de herói do povo!
Contudo, ainda vejo um blogueiro com altivez que não se abate com as críticas bem elaboradas de um membro cult da AML, um vereador atuante ou de um blogueiro vendido!
Viva César bello!

pereira vieira corretor de imóveis disse...

Dom César, não sei como aguentas tanta porrada!
O que me revolta como internauta e leitor assíduo desse blog é que os ofendidos não passam de borra-botas!
Mãe nagiba se orgulhando de ter frequentado jaguarema; ia pra lá pra Puxar sacos dos colegas famosos... Desqualificando-te mãe nagiba pensa que deixaremos de criticar esse modelo medíocre que se estabeleceu nesta província do grão-para? Onde só os ricos terão sucesso na vida!
E o que falar de Fábio câmara? Um coitado que acha que conseguiria passar da cozinha pra sala de Ricardo Murad? Que usa expedientes ultrapassados de fazer política! Que guarda no bolso do paletó nota fiscal de almoço pra jogar na cara daqueles que não batem palmas pro bacana que sonha e fazer carreira política! Que troca votos por conta de água e luz! Que paga caixão em velório pra posar de herói do povo!
Contudo, ainda vejo um blogueiro com altivez que não se abate com as críticas bem elaboradas de um membro cult da AML, um vereador atuante ou de um blogueiro vendido!
Viva César bello!

Anônimo disse...

CÉSAR BELO, ELES TE BATEM PQ VOCE E GRANDE ! VALEU! PARABÉNS PELA TUA CORAGEM.

Cesar Bello disse...

Obrigado.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.