SARNEY EM ARTIGO DOMINICAL INCONSCIENTE APARTA-SE DE NAURO MACHADO : "MORREU NAURO MACHADO O ÚLTIMO GRANDE POETA DE SUA GERAÇÃO"

O que vaza do inconsciente - por ato falho na voz(o que escapa na fala)/ falha no escrito(naquilo que se escreve) é a verdade que prevalece/ vem do interior, segundo Sigmund Schlomo Freud.

O Jornal "Estado do Maranhão", o EMA, na Coluna Estado Maior, neste domingo(29), cometeu imperdoável vilipêndio ao insultar o poeta Nauro Machado, como "uma das mentes mais obscuras".

O "chefe maior", o morubixaba José Sarney inconsciente aparta-se de Machado. Sarney metido a poeta deixa vazar : "Morreu Nauro Machado. Era o último grande poeta de sua geração". Nada do escrito valeu a pena, vindo desta alma pequena.

Nauro morreu com 80/ Sarney tem 86. São todos da mesma geração, que ainda tem grandes poetas vivos como José Maria/ Jorge do Nascimento. Sarney delegou ao imortal Joaquim Itapary, o "Tamanduá" a homenagem sem alma - sentimento. 

Sarney Nauro Machado

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.