ESCOVA NO SALÃO POLÍTICO MARANHENSE : VERSÃO DE "GRAMPO" DE SOUSA NETO É MEDO DO "CABELO PRESO" DO GENRO RICARDO MURAD

A suspeita de "grampos" - escutas telefônicas desautorizadas - segundo o deputado estadual Sousa Neto é fundamentada única/ exclusivamente na demissão do amigo e coronel da PM Raimundo Sá.

Raimundo Sá teria sido ejetado do cargo de Subcomandante da Polícia Militar depois de uma sigilosa conversa telefônica com Sousa Neto. A conversa vazou como? Porque meio/ por quem?

As suspeitas de "grampos" de Sousa baseadas na demissão Sá são frutos de interpretação pessoal. Sousa é genro de Ricardo Murad, que vive sonhando preso em Pedrinhas vestido de laranja.

Uma escova no salão da política maranhense revelará o seguinte : essa versão de "grampo" em deputados oposicionistas é medo do "cabelo preso" do ex-Secretário de Saúde Ricardo Murad .

Ricardo Murad reúne nesta sexta-feira(23)com a mídia digital bandida, no Restaurante Manu sob o pretexto de falar da natimorta candidatura de Andréa Murad a Presidência do PMDB-MA.

Esta pode ser a última entrevista de Murad fora da cadeia/ em 2015. Murad aproveitará a eleição do PMDB, para tentar proteger-se com a surrada tese da perseguição política/ melhor defesa é o ataque.




0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.