FAMÍLIA SARNEY/MURAD PERDE O CONTROLE DA MALHA INSTITUCIONAL : MP PEDE PUNIÇÃO DO PROCURADO( RICARDO MURAD) E DA PROCURADORA(FÁTIMA TRAVASSOS)

O clima nacional de apuração de desvios/improbidades favoreceu, contudo bem mais cedo do que imaginado as famílias Sarney/Murad perdem o controle da malha institucional- Ministério Público/ Tribunal de Justiça/ Federação das Indústrias/ Associação Comercial/ Entidades Sindicais e Similares.

O Ministério Público deu a primeira canetada- ajuizou ação por improbidade contra o procurado(Ricardo Murad) e a Procuradora(Fátima Travassos), argumentando que Travassos não poderia ter recusado ação penal por formação de quadrilha e fraude em licitação movida contra Ricardo Murad ainda em 2005.

Murad era o titular da Gerência Metropolitana. Murad transformou seu segurança particular, Naná de Felipão em empresário bem sucedido com o corte de capim/ manutenção da Lagoa da Jansen. O nome da firma que ganhava todas na Metropolitana era Nanasel(Manutenção de Condomínio) de Reginaldo Correa, o Naná de Felipão.

O Procurador Geral Raimundo Nonato de Carvalho ingressou no Tribunal de Justiça com uma ação penal contra o então Gerente da Metropolita Ricardo Murad, denunciando-o por formação de quadrilha e fraude em licitação. Fátima Travassos teria sido conduzida por Ricardo Murad ao cargo de Procuradora Geral. Aboletada no "Espeto de Pau" Travassos travou a denúncia.

Fatima-Travassos-UPA-Vinhais2-268x300

Tal qual "cerca velha" Ricardo Murad cai, levando consigo a ex-Procuradora Geral Fátima Travassos. A iniciativa dos promotores João Leonardo de Pires Leal, Tarciso José Sousa Bonfim é apenas uma entre várias ações que Ricardo Murad responde na Justiça Estadual. Portanto, "mais cedo ou mais tarde" o pai da deputada Andréa Murad vai pagar por todos os seus crimes.

Aguenta ladrão sacana! 

Capturar

3 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia Blogueiros maranhenses !

Fomos informados aqui em São Paulo, que por motivos obscuros, nem todos os habitantes da calorosa Caxias do Maranhão tiveram acesso à valiosa reportagem feita por nossa TV Record sobre a Maternidade Carmosina Coutinho. Para tanto, segue link do you tube para conhecimento.

O acesso à informação, não pode ser negado.

LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011- PR / Casa Civil / Subchefia para Assuntos Jurídicos


www.youtube.com/watch?t=2713&v=w4Gpe5e7KBk


Juliane Fritz

Av. Paulista, 1754 - Cerqueira César - SP

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Juliana tu é filha do Dr. Fritz? Olha essa história da Maternidade Carmosina começou com um maluco doido que vcs mandaram para cá. Agora é preciso entender/divulgar uma série de fatos : Caxias deixou de ser cidade-polo na Macrorregião de Saúde. A maioria dos recurso migraram para Coroatá, justamente no período que aumentaram os óbitos por desnutrição. Juliana sei que és descendente de alemães da raça pura, mas Caxias recebe os necessitados das regiões mais pobres do Brasil- o Maranhão e o Piauí que vcs chamam de "piorão". Agora imagina na barriga da miséria nascer entre o Maranhão eo piauí. Veja que o aumento dos óbitos são na maioria por desnutrição, justamente no período que os recursos do SUs são transferidos para Coroatá. Porque não divulgaram os fatos dando a origem das causas de morte?

Anônimo disse...

Murad transformou seu segurança particular, em empresário bem sucedido. Junior Lourenço, prefeito de Miranda do Norte, superou seu parceiro de estripulias, transformou seu segurança, conhecido como Peru, em Secretário Municipal de Turismo. O agora “grande empresário” gerencia mais de 16 milhões de reais, vindos do Ministério do Turismo. Isso, infelizmente, num município sem turista.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.