DESABAM AS ESTRUTURAS CARCOMIDAS MANTIDAS PELO SARNEISMO : DIFUSORA EMITE SINAIS/ A MIRANTE DEMORA ALGO MAIS

O marco da Revolução Francesa foi a queda da Bastilha- prisão expoente do poder absolutista. No Maranhão a queda do mourão virá com a queda da Mirante, precisamente do sinal da Globo que detém 70% da audiência em todo o estado.


A Mirante repetidora da "Vênus Platinada", a Globo já destruiu a reputação de vários ex-governadores, repetindo a mentira milhares de vezes. José Reinaldo/Jackson Lago foram as vítimas mais recentes da "prisão midiática".


Infelizmente a TV Mirante é um instrumento eficaz a serviço da moribunda oligarquia Sarney. Enquanto a Mirante difundir notícias diárias nos turnos matutino, vespertino e noturno o perigo espreitará o governo promissor/democrático de Flávio Dino.


Dino reage por meio das redes sociais/ sites e blogs aliados ao desenvolvimento do Maranhão. Contudo é preciso antever com realismo/ inteligência o potencial/a possibilidade do costumeiro uso da Mirante, destruindo a reputação do governo Dino. 


A presença do governador Flávio Dino na divulgação da grade de programação da TV Guará indica a tendência. Dino quer incentivar os meios de comunicação maranhenses, a fazerem uso das concessões públicas com foco na verdade imparcial.


Flávio Dino promete não adquirir nenhum canal de rádio/televisão como é costume de todos que assumem o governo do Maranhão. Dino quer incentivar a livre concorrência entre as emissoras, sem privilégios na destinação da verba publicitária.

Desabam as estruturas mantidas pelos sarneismo. Das famílias com títulos do baronato- os Itapary - à Fundação Sarney travestida de Republicana. A Difusora emite sinais de venda com a demissão de centenas de funcionários. A Mirante demora algo mais.  

Canta aí Paulinha. "Aí foi que o barraco desabou".

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.