BATENDO POR TABELA : CATARROS DE SARNEY VOLTAM PARA ÓRGÃOS DE ORIGEM E CRITICAM TABELA DE PAGAMENTO

Os catarros de Sarney- aqueles que viviam grudados e eram do peito da oligarquia - voltam nos próximos 30 dias injuriados aos órgão de origem.


Muitos estavam em disponibilidade há 40 anos - ato administrativo que cede funcionário para outro órgão - como aspones ou assessor de porra nenhuma.

Alguns tem nomes citados na Coluna do PH. Filhos/ netos/ bisnetos dos "catarros" beneficiados estavam acostumados ao "doce farniente"- vida farta e doce.


O blogueiro Gilberto Léda é funcionário do Tribunal de Justiça em disposição para a Sinfra. Léda em disposição conseguia blogar e assessorar em outros locais.


Outro insatisfeito é "Caridoso", que tinha 5 entre as 6 ex-esposas distribuídas em vários órgãos sem trabalhar. A Câmara Municipal pagava "pensão" para 4 "caridosas".


"Marcos Te Sai Deça" também botou a madame "Tô Nessa" em cabide. Miranteanos/caridosos resolveram reagir, abriram espaços para criticar a Tabela de Pagamento.  

7 comentários:

Anônimo disse...

Cesar e o restante do funcionalismo público também é catarro? Você com esse seu post infeliz destratou toda uma categoria que não tem nada a ver com a politica nojenta praticada no Maranhão. Alterar o dia do pagamento dos vencimentos do servidor estadual é um tiro no pé!! qual a justificativa para isso?

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Quando e aonde vc leu Cesar Bello defendendo alteração, atraso de pagamento de funcionário ? Agora presumo que a justificativa seja orçamentária- sem o repasse constitucional que cai dia no ultimo dia de mês de janeiro, como o governo pagaria os servidores cujo valor da folha consume 40% da folha?

Anônimo disse...

esse pessoal devia ser era exonerado, o que é que esses caras de Sarney ainda querem trabalhando no governo??? isso é muita moleza de Flávio dino se deixarem eles nessas secretarias pra ainda ficarem falando mal!!! cara, já tá bom, já chega!!! Pq que outras pessoas podem ficar desempregadas e esses bonitões não podem???? tem que exonerar essa cambada!!!

Anônimo disse...

Da mesma forma como era pago no governo Roseana.

Aristóteles Neto disse...

Amigo anônimo não sei se é de seu conhecimento mas o governo anterior deixou os servidores inadimplentes com os bancos por reterem os empréstimos consignados dos servidores e não repassar os valores aos bancos assim como os valores do INSS.... Divida já paga pelo atual governo.... E não sei se vc sabe que para pagar na data que ela pagava tem que ter dinheiro em caixa do mês anterior.... No governo deles eles deixavam a grana mas exatamente para prejudicar o atual gestor não deixaram dinheiro em caixa para o mês de janeiro em afronta a lei de responsabilidade fiscal

Jose Ribamar Alves Marques disse...

não em que parágrafo ou vírgula ,, alguém viu Cesar Bello chamar de catarro os servidores , referiu aos boas vidas gigolôs de dinheiro público , por sinal bem claro

testedeblog disse...

Concordo com a devolução de funcionário público ao órgão de origem, pois o que faz um servidor lotado em outro órgão quando o seu, as vezes, ou em geral como quiserem, tem 70, 80 e até 100% de seu quadro como contratado? - Este era o caso da Secretaria da mulher -. Mas existem casos e casos, e é perigoso colocar o isto e o aquilo no mesmo balaio, pois apesar das superficiais semelhanças, o fundo e as razões são diferentes. Digo isto por servidor da administração indireta, efetivo do Estado, e que na tristemente famosa "reforma administrativa" no segundo "governo" de Roseana, perdemos sumariamente o local de trabalho, e passamos desde então, entra governo sai governo,(com a honrosa exceção do governo de José Reinado) de a ser misturados e confundidos com a cambada de indicados políticos que ainda agora infectam o máquina do estado, e como tais viramos alvo da tentativas, que julgo ser esse o caso agora, de moralização e em tempos passados de perseguição. Os servidores da EMARHP, não tem órgão para trabalhar, "graças" ao tino administrativo de Roseana, que operou o desmonte da máquina pública. O objetivo da EMARHP é relocar seus servidores nos outros órgãos da administração, mas, agora, como dantes, passamos novamente o mesmo calvário: ter que ir de repartição em repartição atrás de local para trabalhar, e é calvário porque a essa altura, você sabe o que politica, apetites precisam ser satisfeitos... Acredito que o Governador saberá dessas situações, e como tem acontecido até agora, saberá dar o encaminhamento sensato, coerente e justo para essa situação e deixe estes servidores em posição menos vulnerável nas próximas alterações de governo e mesmo de secretário, e possamos novamente trabalhar com traquilidade.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.