Publicidade

O PROBLEMA DA MERENDA ESCOLAR É A FALTA DA FISCALIZAÇÃO : DA LICITAÇÃO À DISTRIBUIÇÃO

No início da Nova República- Presidência de Sarney - dirigi a Fundação de Assistência ao Estudante(FAE) no Maranhão. Comprei briga com mais dá metade dos prefeitos maranhenses.

O "pombo" - pomo - da discórdia era a estocagem dos produtos destinados a merenda com objetivos eleitorais. Outro problema eram os cardápios- os produtos eram licitados/comprados no Sul/Sudeste.

Lutei pela regionalização- a merenda passou a ser comprada nos municípios. A medida trouxe economia, qualidade/satisfação/facilidade na assimilação para crianças maranhenses.

A regionalização da Merenda Escolar patrocinou aos grupos de malfeitores  rondar o benefício- ao invés de pregões eletrônicos, licitações que enfiam prego nas futuras eleições de prefeitos.

Tem candidato a prefeito que se compromete financeiramente com agiotas- "entregar a Merenda Escolar" - que disfarçados de empresários produzem atraso/ escassez/ péssima qualidade nos produtos para aumentarem os lucros dos contratos.

Estive com José Sarney por interferência de Zequinha Sarney em café da manhã no Palácio da Alvorada. Apresentei denúncia contra Jorge Murad e "Paulo Juca Chaves"- Secretário Particular da Presidência e Diretor Presidente da FAE respectivamente.

Em um cardápio destinado ao Maranhão : "fígado suíno salgado seco"- o "sururu"(rico só em ferro) - comprado da ainda problemática empresa denominada Cruz Vermelha. Fiz objeção a escolha.

A objeção- faltavam outros nutrientes, era ponta de estoque - juntou-se a postura contrária a utilização da Merenda Escolar com fins eleitoreiros. Eles escolheram outro Diretor. A desculpa foi : "Cesar Bello é problemático".

Tem gente que não pode ficar perto de dinheiro. Outros não conseguem escutar/participar de desvios/ falcatruas. É  comum que aqueles que não conseguem adaptar-se a rapinagem, serem considerados "problemáticos".

O problema é que Cesar Bello "fareja bem", mas não pratica "cachorrada" com o dinheiro público/privado. A questão fundamental da Merenda Escolar é a falta de fiscalização da licitação à distribuição. 

É só olhar o noticiário.

2 comentários:

Anônimo disse...

Cesar, em primeiro lugar parabéns pela brilhante postagem, sempre vejo seus posts e acho que vc tem um tino perfeito. Jogaram uma responsabilidade das merendas escolares em cima daquele Glaucio e depois fiquei sabendo que ele era um dos menores, então lembrei de uma postagem q vc fez assim que apresentaram os presos do caso Décio q tem esse título: "uma montanha pariu um rato". Na época não entendi, mas semana passada tive em uma roda tomando uns wisks e depois de alguns copos que tomei conhecimento de algo muito grave. E realmente não foi aquele rapaz quem mandou matar o Décio vc tinha razão. Foi algo muito maior, construtor. E foi usada a agiotagem como satisfação. Ouvi da propria boca de quem elucidou. E com relação a merenda escolar me falaram que o problema ta justamente no direcionamento da licitação mesmo. Fiquei espantado com vc escreveu justamente o que me falaram . Como vc sabe essas coisas ? Vc tem bom informante ou bola de cristal? Abs

BLOG DO CESAR BELLO disse...

É a soma de tudo isto usada com ponderação, equilíbrio, isenção. Glaúcio é apenas um "boi de piranha" para a manada continuar a merendar. O perigo de continuar é enorme no próximo governo. Portanto é bom alertar Flávio Dino.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.