GOVERNO DINO : LOTEAMENTO DE CARGOS PODE TIRAR A ESSÊNCIA DA MUDANÇA

A propalada mudança- tema principal da campanha de Flávio Dino em 2014 - pode perder sua essência, mesmo antes da troca de endereço do futuro inquilino do Palácio dos Leões.

Flávio Dino na primeira semana como governador eleito passa a impressão de "estar mais perdido do que dinossauro, quando cai da boleia de caminhão da mudança ". 

Flávio ora corre para o lado da rua de Aécio Neves- tese da neutralidade mineira - ora manda Jerry para São Paulo se engajar na campanha de Dilma. Dino some e aparece no Facebook indicando secretários. 

A gafe de tratar do 2º escalão antes de definir o 1º foi corrigida. Contudo a nomeação de Marcelo Tavares- Casa Civil - produziu ondas de especulações baseadas no loteamento político do futuro governo de Dino.

O nome do "reinaldista" Marcelo Tavares foi bem recepcionado pelas velhas raposas da política maranhense, que ganharam interlocutor privilegiado na mobília da sala/copa/cozinha  do Palácio dos Leões. 

Todavia a presença de Márcio Jerry na Articulação indica renovação dos quadros/práticas políticas. Jerry pode acabar com o sistema de "alas" pautadas no patrimonialismo-clientelista-fisiológico. Ele tem 4 anos para isto.

Você aposta no melhor desempenho de quem? Tom ou Jerry? Informe, comente, opine. Use o anonimato para fugir da possibilidade de perseguição, mas se quiser identifique-se.



3 comentários:

Anônimo disse...

É um ''Enfant terrible'' esse Jerry.

Anônimo disse...

muito me admira cesar belo, até pouco tempo voce o tratava como rato jery, porque mudou o tratamento, começou a babação?, continue a ser espirituoso, esse governo não vai alugar algum, imagina os coutinhos, os amins, os aziz, os reinaldistas, os dionizistas, os rochas 'AGORA SÃO DUAS FAMILIAS" WERVERTON,

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Cada leitor tem uma opinião. É preciso respeitar. Mas aonde está a babação em Márcio Jerry. Por outro lado aonde está a esculhambação pra riba dele. Eu continuo espirituoso meu caro, se mudar eu morro. O que espero é que a tolerância/ convivência continue no mesmo nível. Precisamos começar o processo para sair dos maniqueísmos mentais(aquele era ruim, esse é bom). Em todos os seres humanos habita o bem e o mal. Analisemos o que predomina, sem entender como algo est´stico/parado/que não muda.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.