Publicidade

CONTRARIANDO AS PREVISÕES DE MÃE NAGIBA/MÃE CARIDOSA E ALMAS "BONDOSAS" FLÁVIO DINO ANUNCIA CLAYTON NOLETO PARA INFRA/ESTRUTURA

Flávio Dino está dando "nó" no juízo daqueles que pretendiam/pretendem influenciar na escolha do Secretariado de Governo. 

Longe de antigas pressões/  recentíssimas adesões Dino analisa nomes, faz triagem e em seguida as indicações para os cargos. 

Dino definiu como Secretário de Infra Estrutura o administrador/ advogado/ especialista em planejamento Clayton Noleto. 

Noleto é de Imperatriz. A indicação premia a Região Tocantina e a competência do indicado sem ligação com empreiteiros/propineiros.

Noleto não constava  nas lista$ de "Mãe Nagiba" e de "Mãe Caridosa". Zé Reinaldo era o Infra de Nagiba e Mãe Carido$a dependia da "e$trutura" do real.

6 comentários:

Anônimo disse...

Cesar, vc não tem jeito, a maior vontade da sua vida é ser tão produtivo e competente quanto o joaquim Haickel. Ocorre, que pessoas com a sua índole, com o seu caráter, ou melhor, a falta de caráter, sofrem terrivelmente com o sucesso daqueles que num determinado período da vida tiveram o desprazer de suportar o seu convívio. Vou lhe dar um conselho caro mancebo,va orar, frequente uma igreja, um templo, um terreiro de umbanda, qualquer coisa que alivie essa sua alma negra, assim, quem sabe um dia vc terá um pouco de felicidade. que Deus se apiede da sua alma.

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Diz teu nome criatura. Porque tu te escondes no anonimato?

João disse...

Deve ser Este Rapaz
Antonio Carlos de Oliveira
15/10/2014 - 21:02
Caro Jorge Aragão, permita-me usar seu Blog para mandar uma mensagem para meu querido amigo Joaquim Haickel. Queria dizer-lhe que diariamente ouço todas as rádios AM de São Luís e que leio jornais e blogs sem fazer distinção de quem sejam os jornalistas responsáveis ou suas tendências políticas.
Tenho lido sistematicamente em um determinado Blog, um que, diga-se de passagem, representa tudo que não presta em nossa terra, um que é feito por uma criatura que ninguém suporta, digo isso e não corro o risco de errar, pois ninguém que eu conheça gosta desse traste, desse ser abjeto, desprezível e asqueroso. Joaquim, esse monte de fezes em forma humana tenta insultá-lo, ofendê-lo, difamá-lo, caluniá-lo e a todos essas tentativas transparecem como desmedida inveja, descomunal recalque, e milhares de outros baixos sentimentos similares.
Fico preocupado por que você se mantem alheio às barbaridades que esse indivíduo diz a seu respeito. Você nunca revida, nunca demonstra discordar deste verme.
Portanto já que você não diz nada a respeito dele, eu que sou seu amigo resolvi dizer e mandei um comentário ao Blog dele em uma matéria onde ele tenta te atingir.
Imaginando que ele não irá aceitar o meu comentário é que estou postando aqui no Blog do Jorge meu desgravo a sua formidável pessoa.
Comentário feito no Blog de Cesar Bello e ainda não autorizado a publicação:
Para que tu alcances a altura do solado do sapato de Joaquim Haickel, a quem tu tentas atingir com insultos e ofensas, terias que nascer novamente, mas em uma boa família; ter uma infância feliz, cheia de carinho e aconchego; desfrutar de uma adolescência sadia, sem acesso a drogas ou a pederastia; terias que amadurecer sem que tivesses que se submeter à bajulação quase que sexual aos príncipes do poder; terias que ter tido mulheres que não te traíssem, coisa que em tua família é comum, mas quem sai aos seus não degenera.
Depois de te livrares de tudo de ruim que aconteceu em teu passado, em tua vida, nascendo novamente, ainda assim, tendo uma segunda chance, tu não conseguirias chegar ao nível do solado do sapato de Joaquim Haickel. Sabe por quê? Porque tu jamais terás o coração puro e a alma boa que ele tem. Jamais terá os amigos verdadeiros que ele tem. Olha em tua volta, vê quem está a tua volta!
As pessoas te desprezam enquanto presam Joaquim, as pessoas não te levam a sério enquanto a Joaquim elas dão ouvidos e crédito, as pessoas nem sabem que tu existem, mas Joaquim é conhecido e valorizado.
Vieste da latrina do mundo, volte para lá!
responde
Joaquim Haickel
15/10/2014 - 22:28
Caro Antonio Carlos,
em respeito e consideração a você vou falar sobre essa pessoa, mas farei isso de meu Blog, para que não trazer para o espaço do amigo Jorge Aragão um assunto que não lhe diz respeito.
Desde já agradeço sua defesa a minha pessoa, certo de que sua atitude se deveu mais a defesa do que é correto que a simples defesa de uma pessoa agredida e injustiçada.
E Aragão completa
15/10/2014 - 23:05
Sei que é uma decisão sua meu amigo Joaquim Haickel, mas existem agressões que não são dignas de resposta, principalmente por quem as faz, pois não tem moral, caráter, equilíbrio, discernimento e tantas outras coisas para isso. Responder a energúmenos, canalhas e escroques não lhe levará a nada e ainda dará audiência para quem não tem. Um abraço e boa sorte;

BLOG DO CESAR BELLO disse...

"QUE OS MORTOS TRATEM DOS MORTOS". Nagiba já recebeu a atenção devida.Esse Antonio Carlos de Oliveira não sei quem é. Mas pelo ódio deve ser uma das viúvas dos Sarney/Lobão.

Anônimo disse...

Alma negra? Processa que é racismo. ..e mostra bem o nível das pessoas que defendem o representante gordo da classe dos "que nunca trabalharam e sempre viveram do sangue (impostos)do povo." Tu incômodas pq convivente com eles e sabe fazer a leitura real da história. E fácil ser empresário, escritor, poeta, até arquiteto, quando não se tem preocupação com o fim do mês e a mesa da farta. Pode - se até ser cineasta. .rsrs. Difícil é ser MÉDICO, ENGENHEIRO, FÍSICO. ..Aí tem que ser inteligente, trabalhador e competente. Além de um ser humano preocupado com o próximo.

BLOG DO CESAR BELLO disse...

É justamente isso que incomoda- a leitura real dos fatos. Esta é a razão da existência deste blogue. Analisar o que ficar escondido na informação/desinformação/factoides e similares. Eles estão doidos porque começam a surtir os efeitos desejados- a participação de outras pessoa lendo, opinando, observando, analisando. Não tenho nada para esconder, nem bens para proteger. Não preciso bajular para manter privilégios porque não os tenho. A vida segue normalmente dentro da simplicidade que me pautei.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.