UMA MORTE SALVARIA A CAMPANHA DE EDINHO ? DESESPERADOS COM A DERROTA PARTIDÁRIOS DE EDINHO ADOTAM O VANDALISMO

Não existe mais esperança de vitória no comando da campanha de Edinho Lobão. A ordem seria partir para o confronto com objetivo de gerar uma "vítima de campanha"?

Diferentemente de "Reis Pacheco"- dado como assassinado por vingança dos oposicionistas, que reapareceu depois da vitória dos governistas, agora a morte pode ser real.

Desesperados com a iminente derrota, partidários de Edinho adotam o vandalismo na fase final de campanha, estimulando o confronto entre os jovens para "inaugurar cemitério".

Uma morte salvaria a campanha de Edinho Lobão? Todo cuidado é pouco. A juventude dinista deve ser orientada rejeitar o confronto físico, como o ocorridos nos dias passados.

Uma vítima de campanha é tudo que eles querem. 





3 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.