30 de julho de 2021

NA DÚVIDA O CERTO PELO CERTO : WEVERTON ROCHA SE CONSOLIDA COMO ALTERNÂNCIA/ CONTINUIDADE DA MUDANÇA INICIADA POR FLÁVIO DINO ENQUANTO BRANDÃO AINDA NEM SABE POR QUAL PARTIDO VAI CONCORRER

Qualquer pesquisa para o Governo do Maranhão/ 2022 feita pelos variados institutos do Maranhão/ Brasil tem/ terá como resultado o nome de Weverton Rocha consolidado como aquele que representa a alternância/ continuidade para além da mudança iniciada por Flávio Dino.


Na pesquisa/Econométrica Weverton Rocha(20%) encosta/ empata tecnicamente com Roseana Sarney(24%)/ considerando a margem de erros 4 pontos a mais para Weverton/ 4 a menos para Roseana. Enquanto Brandão(10%) sequer sabe o partido que vai concorrer na "reeleição".


Quem conhece o riscado da política maranhense/ a lei entendeu como resposta do eleitor/ dando empate técnico a intenção da Sarney de voltar ao Palácio dos Leões por intermédio de ação judicial/ para anular a eleição de 2018. Neste caso assumiria o Presidente da Assembleia Othelino Neto.


A eleição para o Governo do Maranhão/ 2018 tem mais de 2 anos/ Dino venceu com mais de 50% dos votos. Esses fatores implicam em nova eleição/ tendo a frente dos Leões o Presidente da Assembleia/ Othelino Neto. Brandão fora do governo vai para o Conselho de Contas do Estado.


Weverton tem partido certo/ outros 10 do arco de aliança. Weverton articula-se junto a classe política/ partidos/ lideranças como candidato ao governo há mais de 2 anos. Afora esses fatores o histórico da militância. Entenderam a razão do empate técnico com a Sarney na última Pesquisa Econométrica?   


O eleitor maranhense quer dar duas respostas à Sarney : a primeira sobre a ação do passado que ejetou Jackson Lago do Governo do Estado/ a segunda sobre a ação que tramita o TSE que tenta da mesma forma ejetar Flávio Dino/ Carlos Brandão. A tendência é Weverton superar a Sarney.


Carlos Brandão é um saco de dúvidas. Brandão não sabe se concorre pelo PSDB ou PSB. A condição de concorrer com ação no Tribunal Superior Eleitoral(TSE) que lhe deixará inelegível por 8 anos é outro fator de desgaste junto ao eleitorado. Afora estes fatores a dificuldade de articulação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DINO NO SENADO E O MARANHÃO DE VOLTA AO PASSADO: O CENTRO DA CAPITAL DO ESTADO NA ERA DA "LATA DE ÁGUA" NA CABEÇA ( DEPOIS DE ABASTECER A CASA FAÇO A MATÉRIA)

ATÉ QUANDO CATILINAS ? DUAS SEMANAS O CENTRO DA CAPITAL DO MARANHÃO NA SECA E DINO FAVORITO AO SENADO/ AO POVO SO RESTA OUVIR A MÚSICA E CAR...