AFASTA DE MIM ESSE CÁLICE : ARAGÃO/ FERNANDÃO/ WEVERTON ROCHA/ JOSÉ REINALDO ESSO CHEIRA A PODRIDÃO

O honesto/ competente Secretário de Saúde Carlos Lula foi providencial - cancelou os contratos com o IDAC/ determinando o gerenciamento pela Secretaria Estadual de Saúde/ por intermédio da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares(EMSERH) de todas as unidades geridas pelo IDAC. Penso que deveria ter sido assim desde o começo até o fim.

A correta providência acontece decorrência da Operação Rêmora que culminou com a prisão dos diretores do IDAC/ flagrados fazendo saques milionários que totalizam 18 milhões de reais/ entre 2015/ 2017. O IDAC cumpria as obrigações nas unidades hospitalares que não tiveram vencedores nas licitações/ por isso teve os contratos renovados.

O que é preciso explicar é como o IDAC - instituição sem fins lucrativos - conseguiu realizar os saques fraudulentos/ manter em dias suas obrigações sem prejudicar pagamentos/ manutenção dos hospitais? A PF sugere que a fraude ocorreu por meio de aditivos. A SES precisa explicar quando/ quem/ porque fez os contratos de aditivos informados pela PF/CGU.

O governo competente/ transparente de Flávio Dino não tem nada haver com o comportamento deliberado de pessoas que fazem a opção por improbidades/ desvios/ propina. A oposição oligárquica tentará igualar por baixo. Caberá aos governistas desmontar o discurso das  mesmas práticas repetidas em detrimento da saúde do povo pobre do Maranhão.

Particularmente acho que Aragão/ Fernandão cheiram a podridão sarnenta/ onde tudo começou. Não acredito que as práticas que levaram ao empobrecimento/ subdesenvolvimento do nosso estado possam se repetir enquanto Flávio Dino for o governador do Maranhão. Até o momento as investigações  não citam qualquer servidor da SES.

Afasta de mim esse cálice : Aragão/ Fernandão/ Weverton Rocha/ José Reinaldo.........

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.