A DÉCIMA DO DÉCALOGO DE CONTRADIÇÕES É O ENDEREÇO NA "RUA SOBE/ DESCE O NÚMERO DESAPARECE" : O DELATOR AFIRMA FARIA UMA CONTRIBUIÇÃO/ PEDIU QUE ENTREGASSE O ENDEREÇO QUE ELE NEM NÍNGUÉM INFORMA O LOCAL/ NÚMERO

A décima contradição na delação de José de Carvalho Silva é relacionada a fala " solicitei que ele me entregasse um endereço e eu forneceria a senha".

Carvalho Silva disse na delação que entregou a senha. Se entregou a senha esta seria mediante o fornecimento de um endereço. Qual o local do endereço?

Carvalho não fornece  a rua/ o número. Quem sabe não seja "rua sobe/ desce/ número desaparece"? Não existe um "indício" verbal de Carvalho que apresente consistência.

Quem tiver argumentos que os apresente. A delação de Carvalho é uma maldosa orquestração endereçada ao futuro de Flávio Dino - a Presidência da República. 

A Justiça vai rejeitar a citação/ sequer investigar Dino pela falta de nexo/ contradições da delação. A Força Tarefa da operação Lava-Jato deveria ter rejeitado a delação. Mas foi morosa.

Pisaram no carvalho sem ver/ ou melhor sem a letra "v" - Car alho! Dino pelas provas documentais/ única versão sequer será investigado. Sua história de vida é documento sem comparativo.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.