ELISIANE GAMA NÃO É ALINE BARROS

Tem blogueiro que confunde ídolo/político - Aline Barros com Elisiane Gama. No exagero diz que o show de Aline Barros, reuniu mais gente no Aterro do Bacanga do que a visita do Papa João Paulo.

É preciso separar o show da vontade política/ pessoal de ver este ou esta eleito(a). É inconcebível ainda tratarem os evangélicos - de qualquer denominação - como boi dos currais eleitorais.

Os evangélicos constituem 30% do eleitorado ludovicense. O que os multiplica por 4 ? A capacidade de mobilização cívica/política/ religiosa -  é a militância mais aguerrida na ilha.

Erram feio os blogueiros que repercutem uma tola "guerra santa" - quem reuniu mais. Os evangélicos não estavam nos lugares como "boi do curral eleitoral". Estavam lá para assistirem seus ídolos.

 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.