RESPOSTA DE DINO PARA OS QUE ALARDEIAM ACORDO COM FACÇÕES : O GOVERNO NÃO FAZ "VISTA GROSSA" PARA O ERROS DO COMANDO DA POLÍCIA MILITAR E NÃO ADMITIRIA QUALQUER CONCESSÃO PARA CRIMINOSOS DENTRO OU FORA DE PEDRINHAS

O governador Flávio Dino provou que não faz acordos/ concessões/ "vista grossa" para pacificar a convivência/ relação em instituições - na Polícia Militar ou no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

O Coronel Alves foi demitido do Comando da Polícia Militar por atitude corporativa - abrigou no Estado Maior da PM um membro da corporação flagrado/ filmado/ desequilibrado para o exercício do cargo.

Dino poderia fazer "vista grossa" - que a atitude corporativa de Alves era ato de competência do Comando da PM. Mas Dino como governador é o superior hierárquico de todos os policiais militares do Estado.

Dino por formação/ militância como advogado/ juiz/ deputado federal não compactuaria com a resposta - promoção para o Estado Maior - ao abuso/ desequilíbrio praticado pelo Tenente-coronel Miguel Neto.

A Nota pública/ polida do Governo de Flávio Dino - agradeceu o trabalho do Coronel Alves, mas o demitiu por atitude corporativa - é uma dura resposta para aqueles que pensam que este governo faz acordos "criminosos".  


0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.