RICARDO MURAD É UM PSICOPTA MONSTRUOSO : COVEIRO DOS SARNEY QUER RESPONSABILIZAR GOVERNO DINO POR MORTES INEVITÁVEIS

O jornal "O Estado do Maranhão" durante 50 anos agrediu impiedosamente governos adversários da família Sarney. Existiram diferenças nas campanhas difamatórias.

Pedro Neiva, Nunes Freire, João Castelo, Luís Rocha, Cafeteira, José Reinaldo tiveram trégua durante 2 anos justificada pela interessada amizade no início dos governos.

Jackson Lago/Flávio Dino adversários "desde sempre" não tiveram 1 minuto de trégua. As distorções contra Dino atingem níveis criminosos ante a falta de qualquer fundamento.

Os coveiros das famílias Sarney/Murad, capitaneados pelo psicopta que atende pela alcunha de Ricardo Murad criaram teatral clima de comoção no município de Coroatá, culpando o governo Dino por mortes de pacientes em estado terminal/ com morte encefálica constatada/prematuridade extrema/displasia bronco-pulmonar.

No sábado 4 pessoas vieram a óbito- um recém nascido internado desde o nascimento com prematuridade extrema; uma criança com 6 meses internada desde o nascimento com quadro de desnutrição e displasia bronco-pulmonar; um adolescente com 12 anos oriundo de Grajaú com tumor cerebral em estado terminal e uma senhora que sofreu aneurisma cerebral, tendo a morte encefálica constatada desde o dia 15 de abril.

Mas o psicopata Ricardo Murad espalhou por Coroatá/Maranhão que os óbitos foram consequência da falta de fornecimento de oxigênio para UTI do Hospital Macrorregional de Coroatá. Esse louco assistiu reportagens em que a falta de fornecimento de energia em hospitais ameaçam crianças/velhos de morte. 

Murad resolveu criar a versão criminosa de que a falta de fornecimento de oxigênio causou os quatro inevitáveis óbitos. Pode constatar-se pela leitura das causas da morte que o quadro dos enfermos- septicemia generalizada/tumor em estado terminal/morte encefálica decretada não fora consequente da falta de fornecimento de oxigênio tubular.

Ricardo Murad é um monstro, que cedo ou tarde pagará por todas suas maldades. O inferno espera esse desumano ser que utiliza-se da dor das famílias enlutadas para fazer política. Olhem de onde essa mente criminosa buscou inspiração para distorcer as inevitáveis mortes ocorridas no sábado em Coroatá.

1 comentários:

Anônimo disse...

Dizem os especialistas - psiquiatras - que o psicopata, que é sem limites, pois nao obedece a regra moral alguma - busca desenfreadamente três coisas: prazer, dinheiro e poder. Não necessariamente juntas e nem nessa ordem.
Na ausência de qualquer remorso ou senso moral, atropela e esmaga quem quer que veja como obstáculo ao alcance de seus fins, de forma clara ou dissimulada. Não mede esforços para isso.
A primeira tática sempre foi e é a mentira, por ser a "arma" mais fácil de ser empregada, podendo ser simples ou complexa.
Poucos espaços concentram tanto psicopatas como aqueles em que se situa o poder. Pouco, ou nenhum espaço, é mais disputado por esses maníacos do que o poder. O poder traz os outros fins perseguido por eles: o dinheiro e o prazer.
Só duas coisas páram o psicopata: a certeza de que sofrerá uma punição mais dura do que o mal que causou ou pretende causar; o fim da vida, pois, afinal, sua psicopatia ainda conseguiu descobrir um jeito de burlar o destino de todos nós: a sepultura.
Em resumo: Flávio Dino precisará ter muita paciência, pois psicopatas não param.
Vou dar uma dica: do mesmo modo que a ânsia por comida faz o peixe morrer pela boca, a ânsia pelo poder faz muitos psicopatas afundarem na própria merda. Deixem o psicopata agir livremente e à vontade, a merda que ele mesmo faz e fez (a vida toda com os sarney) já é suficiente pra afogá-lo. É só procurar que tem cocô por aí, no Maranhão inteiro. Só não vê quem não quer...

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.