CHUPA DEDÉA : JUSTIÇA NEGA LIMINAR QUE TENTAVA ANULAR LICITAÇÃO NA SAÚDE

O meritíssimo juiz da Vara de Interesses Difusos, Dr. Clésio Cunha valoriza a Justiça do Maranhão- suas decisões são pautadas na hialina(clara)interpretação do direito e nas pretensões dos litigantes.

Cunha não aceita pressões partam de onde partirem, sejam elas de ex-Secretário ou sua cunhã. O insigne julgador negou liminar em ação popular protocolada pela deputada Andréa Murad, a "Dedéa do Papai".

"Dedéa do Papai" queria a anular o processo licitatório, que demarcou mudanças nos pagamento/contratação das obras/serviços na Secretaria de Saúde, antes controlada pelo seu pai, o famigerado Ricardo Murad.

Cunha ensinou para cunhã de Ricardo Murad : "Embora o estado não fosse obrigado a realizar processo licitatório, fez procedimento para selecionar as OCIPS, que prestariam o serviço".

Prestem atenção na aula, em parágrafo de apenas três linhas. Curto, objetivo, transparente como deveriam ser a maioria das decisões judiciais. Chupa Dedéa :

“Sendo assim, não é razoável exigir, como pretende liminarmente a autora, que o procedimento de seleção de OSCIPS seja igual ao que seria normalmente se exige na licitação tipo concorrência, quando nem mesmo o procedimento de seleção necessitaria ser realizado”.


0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.