Publicidade

O CARNAVAL DO LAVA RABO DE PERGENTINHA/ O ÍNDIO PANACOTIRA E A REPÚBLICA DO PACU

Pergentinha é um sujeito esnobe, metido a poderoso/ rico muito embora seja na origem de marré/marré/maré- o sentido religioso é de pobreza franciscana  maria/maria/maria, a mãe de Jesus.

Resultado de imagem para ESNOBE CHARGE

O rico de "h" ganhou fama/ bens/ empregos/ empregou toda a família a sombra dos governos oligárquicos e na maior cara-de-chupa-pau se apresenta aos democráticos. Será o Benedito ? É possível? Não.

Resultado de imagem para FALSO RICO CHARGE

Foi na mansão de "Roninho", nas bandas do Caúra, em  Ribamar que Pergentinha abocanhou uma extensa gleba- terras doadas pelo suserano para o vassalo - chamada de República do Pacu- uns entram com o p outros com o c.

Pergentinha se encantou pelos compridos/grossos dotes de um índio serviçal de "Roninho", de nome Panaco. Pergentinha até então era hétero de H, mas ao afastar-se na companhia do índio Panaco escutaram os gritos :

Panaco tira, Panaco tira. A descoberta deu origem a Praia de Panaquatira, a preferida das bibas enrustidas. É bem pertinho dali que Pergentinha tem mansão, que foi colocada a venda pelos ventos  da mudança.


Hoje tem Carnaval do Lava Rabo na República do Pacu- quem entra com o p, quem vai dá o c ? Daqui a a pouco a relação dos prováveis/ supostos frequentadores do Carnaval do Lava Rabo na República do Pacu.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.