ELEIÇÃO DE HUMBERTO COUTINHO MUDA A RELAÇÃO EXECUTIVO/LEGISLATIVO

A reabertura da 18ª Legislatura na Assembleia Legislativa do Maranhão ocorrerá em fevereiro e revelará mudança política no gênero/número/ grau.

A unidade(gênero) em torno de Humberto Coutinho alia-se ao pragmatismo do escolhido e tem em contrário a postura de ventríloquo de Andréa Murad.


Não existe força(número)política que possa atuar isolada. A escolha do líder do governo- Rogério Cafeteira neutraliza o franciscanismo futuro- toma lá, da cá.  

A temperatura(grau) política é diferente da 17ª Legislatura. Amena, harmônica/ independente permitiu a escolha de Cafeteira para evitar o fisiologismo.

Humberto Coutinho foge do clientelismo por procuração(trocar apoio por favores futuros do governo). A articulações ficam restritas no Poder Legislativo.

O governo livrar-se-á da relação fisiológica nas votações ? Dino ainda não tem maioria na base, mas a condução na eleição de Coutinho muda a relação Legislativo/Executivo.

'"Quando fevereiro chegar tem gente que ri/ gente que chora, fazendo a noite parecer o dia/ faz crer/ desacreditar de tudo/ verdade e mentiras/ ninguém verá o que sonhei...."



0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.