QUEM É OSCAR FILHO DO CQC ? BRINCANDO COM COISA SÉRIA

› Brincando com coisa séria
São José do Rio Preto, 19 de Julho, 2014 - 8:30
Moradora da região acusa CQC de bullying

Guto Pereira e Tatiana Pires

Luiza Dantas/Carta Z Notícias
Oscar Filho, humorista do programa CQC, da Band, acusado de fazer chacota: a assessoria dele não respondeu ao Diário ontem

O Ministério Público Federal de Rio Preto abriu procedimento interno para investigar possível crime cometido pelo apresentador do CQC da Band, Oscar Filho, devido a uma postagem numa rede social. A denúncia foi feita por uma professora de Monte Aprazível, que acusa o humorista de bullying e preconceito. A educadora Cibely Nasthachia, 28 anos, encaminhou denúncia ao MPF em abril alegando que o apresentador faltou com a ética ao usar uma foto de uma menina da cidade que é deficiente para fazer uma sátira. Junto com a imagem ele postou a frase: “Você já se sentiu tão diferente que até a sua própria imagem te acha estranho???”

“Não só eu, mas muita gente aqui da cidade ficou indignada com a publicação”, lembra Cibely. No e-mail ela afirma que embora Oscar Filho seja ator e repórter renomado do CQC da Rede Bandeirantes, “não nos interessa”. Segundo ela, o acusado “fez com que sua Ética caísse em desuso”. Segundo apurou o Diário, a garota apresenta estrabismo e a foto foi retirada do Facebook sem sua autorização. Na denúncia a professora afirma ainda que ela é menor de idade. Diante do fato, o procurador Eleovan César Lima Mascarenhas determinou que o setor de informática rastreasse a publicação e gravasse a mídia “para verificar se de fato houve a configuração de algum crime do Ministério Público Federal”.

Deletada

A assessoria de comunicação do MPF, em São Paulo, confirmou a representação, que a suposta publicação no Facebook, pelo humorista Oscar Filho, de uma foto de uma jovem deficiente com comentários preconceituosos, poderia incitar a prática de bulling. “A representação foi distribuída ao Dr. Eleovan em 23/06/14, e ele de imediato solicitou que o setor de informática verificasse o link citado e imprimisse eventual imagem e textos”, afirma nota. Ainda segundo o texto, ao tentar localizar a página, o MPF descobriu que está atualmente indisponível. “O procurador vai solicitar que o representante informe se imprimiu ou salvou a página contendo a mensagem e imagem ofensivas, pois sem isso nada pode ser feito”, conclui a nota. Se não for encontrada a mensagem, o caso deve ser arquivado.

Oscar Filho não se manifesta

A assessoria de imprensa do apresentar do CQC Oscar Filho foi procurada pela reportagem do Diário da Região, por telefone e e-mail, entre as 17h e 18h de ontem. Até o fechamento desta edição, não retornou para que o acusado pudesse se posicionar sobre o assunto.

Essa não é a primeira vez que um dos integrantes do CQC se envolvem em polêmicas após piada. Em outubro de 2011, Rafinha Bastos foi afastado da bancada do programa por ter feito piada de conotação sexual com a cantora Wanessa Camargo, grávida à época. Segundo a Folha de S. Paulo, Rafinha foi condenado a pagar R$ 150 mil por danos morais à cantora e sua família. Mas ainda cabe recurso.

13 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.