SARNEY/ERASMO : ROUBO DE PERSONAGENS/ TRAJETÓRIA

Sarney usa sua dominical coluna no EMA para ufanar-se do pioneirismo de "tudo pelo social"- governador em 65, presidente em 85. 

Sarney usa o conto do escritor Erasmo Dias- "O Roubo dos Personagens". Um escritor é roubado pelas próprias criaturas- as criadas :

"Surpreendeu-se repetindo comportamentos que não era seu. Depois atitudes, pensamentos e palavras que eram dos seus personagens".

O recado é para Flávio Dino que promete governar com Justiça Social. Desde quando Dino é uma criatura(cria) de Sarney ? "Doidiça do véio".

Basta virar a imediata página(193), que precede "O Roubo dos Personagens(192) do livro "Erasmo Dias E Noites"(Sioge/1984) e ler outro conto: Trajetória.

Trajetória é um conto que versa sobre a função dos líderes. Pedro Vicente personagem central trai seu próprio destino, não lidera por medo da força.

"Faltara a voz de comando, a ousadia e a inciativa de alguém que se revela, aparece num minuto intenso, numa trajetória que contagia a todos que o cercam".

Dino é essa voz de comando, com iniciativa e histórico de vida adequados ao momento presente. A linha não vai ser interrompida. Esse é o destino.

Avante Flávio Dino. Cada um na sua trincheira. Eleição não se faz com escritores, filósofos ? Depende como cada um consegue traduzir-se.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.