O QUE TEM DE SER TRABALHADO NO MOMENTO : INDECISÃO/ ORIENTAÇÃO E FISCALIZAÇÃO

Flávio Dino flana na "poli position" em direção da reta final. Com 63% das intenções dos votos válidos, Dino tem de trabalhar no momento : 

a) a indecisão do eleitorado objeto de polêmica e desconfiança- a pesquisa Exata diz que indecisos são apenas 6%, o Ibope triplica para 18%;

b) o anúncio dos indecisos em triplo pode ser o prenúncio de ação eleitoral criminosa sobre este contingente, que já "decidiu" outras eleições; 

c) a orientação dos fiscais de urna/ boca de urna deve ser precedida de  orientação jurídica/política com antecedência para evitar dúvidas no dia 5.

Entre o voto carretilha- um eleitor passava a mesma chapa dos mesmos candidatos, para o eleitor que entrava na urna para votar, e o voto digital tem uma abissal diferença.

No passado alguns dormiram eleitos acordaram sem mandatos. Agora não tem tempo para dormir. O resultado sai algumas horas depois do pleito.

A mente humana é que comanda as ações sobre os computadores. Portanto, "estamos de olho na eleição do Maranhão", como disse o Presidente Nacional da OAB.

6 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.