6 de junho de 2013

OPOSIÇÃO DETONA CAIXA 2 : FIALHO SEGURA-SE NOS BIGODES DE SARNEY

Em ação conjunta os deputados Marcelo Tavares, Rubens Junior, Bira do Pindaré, Othelino Neto detonaram o que seria um "Caixa, 2" da futura campanha para o governo do estado em 2014.

Os recursos escoariam pelos ralos de Organizações Não Governamentais, Associações de Moradores e Institutos em  benefício candidato ao governo do grupo Sarney, em 2014.

Os convênios fraudulentos seriam novamente instrumentos da malversação política. A liberação dos valores a partir do ano em curso(2013), serviria para evitar maior eficácia da fiscalização .

A Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar do governo estadual seria responsável pela liberação dos valores milionários superfaturados, com fins eleitoreiros e de Caixa 2.

O flagrante de desvios de recursos públicos só foi possível pela fiscalização "in loco" dos quatro deputados oposicionistas(Marcelo Tavares, Rubens Junior, Bira do Pindaré e Othelino Neto).

Além das irregularidades cadastrais(CNPJ divergente, endereço inexistente) da entidade usada como "cavalo"(Vera Macieira) para desvio dos recursos, o local indicado para obra(Trechos) não existe, nem tão pouco foram realizados os serviços de melhorias.

O "Escândalo Vera Macieira" é apenas a ponta do iceberg, envolvendo a Secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar. São pelo menos 57 convênios sob suspeitas de desvios de recurso por via da Secretaria de Desenvolvimento e Agricultura Familiar.

Para que os leitores tenham a certeza da irregularidade divulgada, basta compulsar a relação de entidades beneficiadas, o tipo de serviço, os valores, o local, a cidade e os responsáveis que assinam.

A entidade Vera Macieira recebeu 4 milhões e 900 mil para melhoramento de caminho de acesso no local denominado Trechos, no município da Raposa. O local não existe, o serviço não foi feito.

O mesmo local denominado Trechos, agora localizado em São Luís recebe mais 409 mil para recuperação de estrada vicinal, por meio do Instituto de Agronegócios no Maranhão(INAGRO) e quem assina é José de Jesus Reis Ataíde já falecido.

O "Escândalo Vera Macieira" põe em risco as candidaturas governistas. O Palácio dos Leões esvaziou o Plenário da Assembleia Legislativa. Roseana Sarney estuda a demissão de Fialho. 

O Secretário de Desenvolvimento e Agricultura Familiar, Fernando Fialho viajou para Brasília e encontra-se debaixo da proteção dos bigodes de Sarney. "Cada fio de bigode é uma jurisprudência", segundo os assessores de Fialho.

Volto com os nomes das firmas que superfaturam os serviços inexistentes, seus sócios, as vinculações com o Secretário da Juventude Carlos Filho, ex-genro de Roseana Sarney, deputados estaduais, federais, vereadores que receberam doações de campanha  das empresas beneficiadas neste vergonhoso convênio. 

Um comentário:

Macabeu disse...

César o que me chama à atenção neste post é o fato do ex presidente do INAGRO Eng. Agro. José de Jesus Reis Ataíde, vc disse já falecido?, quando?. Quando trabalhei na CIMEC(1974a1977), empresa já extinta (1994), Dr Ataíde era o Superintendente. foi um bom administrador, lamento muito seu falecimento, confirme por favor.