O "CAIS DA SAGRAÇÃO" E A DISCRIMINAÇÃO DA FINADA OLIGARQUIA SARNEY: POVO DA BAIXADA SE REÚNE NA PENÍNSULA AMANHÃ AS 16 HORAS EM ATO CONTRA PRECONCEITO DE ADRIANO SARNEY/ EDILÁSIO JUNIOR





A vida imita a arte? No livro "O Cais da Sagração" Josué Montelo - tive a honra de conhecer através do professor do Curso de Comunicação Pedro Braga - aborda preconceitos na Praia Grande das décadas de 1960/ 1970.

Três anos após o centenário de Josué Montelo - morreu em 2006 - novamente preconceitos na "Beira do Cais". Agora entre a Capital/ Alcântara/ o IPTU/ metro quadrado mais caro da Capital/ a Península da Ponta D' Areia.

Os personagens do romance são um pescador/ a amante/ a prostituta/ o neto. No Cais São Luís/ Alcântara o povo da Baixada/ os brancos/ ricos da Capital/ dois deputados - um neto/ outro agregado da finada oligarquia Sarney.

A mesma intolerância da ficção que leva a morte física/ promove a morte política dos atores reais que discriminam a passagem de um povo - os Baixadeiros - pelas vias que dão acesso a apartamentos de 4 milhões na Península.

Amanhã os Baixadeiros prometem protestar com música/ animação como faziam na Jamaica contra o apartheid. A sorte do povo é ter um governo democrático/ "De Todos Nós"/ contrário aos discursos de Adriano Sarney/ Edilásio Junior.












VIVA O POVO HONESTO/ TRABALHADOR DA BAIXADA/ ABAIXO A DISCRIMINAÇÃO DOS SARNEY

0 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.