DIVISÃO DAS EMENDAS PELOS SENADORES DE SARNEY PREJUDICA A SAÚDE DO MARANHÃO

Resultado de imagem para CORRUPTOS DIVIDINDO O BOLO CHARGE

O Maranhão recebe apenas míseros 160 reais por pessoa/ para custear as despesas da Saúde por todo ano - em média 13 reais ao mês.

Impraticável planejar Saúde Pública com 13 reais por cidadão/ ainda que boa parte não faça diretamente uso no mesmo momento.

A Federação dos Municípios/ gestão Tema tem se empenhado na mudança destes números. Tema trabalhou variadas estratégias ao longo de 2017.

Buscou ajuda no Ministério da Saúde. O Ministro garantiu rever a renda per capita - 160 reais - mas a interferência política dos Sarney vetou o pedido.

Por último a Famem reuniu a bancada maranhense - senadores/ deputados federais - que garantiram 160 milhões em emendas impositivas para a Saúde.

No "frigir dos ovos" os senadores - Roberto Rocha/ Edson Lobão/ João Alberto - ligados a Sarney deram o "golpe dos 90%". Como assim?

Destinaram 90% das emendas para a CODEVASF/ onde Roberto Rocha tem o cunhado em uma diretoria/ Hildon Rocha a direção regional do órgão. 

A mudança tem de chegar no Congresso Nacional - maioria de deputados/ senadores. As próximas eleições/ 2018/ 2022 são decisivas para com isso. 

Desculpem a demora na postagem. Estou extremamente gripado/ sem 1 real para comprar remédios. A fila do SUS aumenta a cada dia por isso.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.