Maranhão

TATU A PÉ/ JABUTI NÃO SOBE MANGUEIRA : DINO NÃO VAI TIRAR DAS ESCOLAS PARA PATROCINAR O SAMBA E NÃO TEM IRMÃO/ PARENTE PROPINEIRO VENDENDO O MARANHÃO

A coluna Estado Maior/ EMA amanhece nesta quarta(17) com uma cretinice própria do Editor de Política/ o blogueiro Marcos Deça/ conhecido na blogosfera pela alcunha de Bandideça.

Marcos Aurélio Bandideça informa no EMA/ bosta/ posta no Blog que o Governo do Maranhão iria patrocinar a Escola de Samba Paulista Tatuapé/ sabendo antecipadamente  o contrário.

Ontem(16) o Secretário de Comunicação desmentiu o patrocínio do Governo do Maranhão à Escola de Samba Tatuapé. O desmentido ainda que parcial foi feito no Blog sarneista do Gilberto Léda.

Léda diz que o governo não vai patrocinar/ "mas a Escola de Samba Tatuapé/ atual campeã paulista confirma o enredo sobre o Maranhão/ sob o título "Os Tambores Vão Ecoar na Terra da Encantaria".

O "morde/ assopra/ cospe/ chupa" dos jornalistas blogueiros miranteanos é para causar confusão na opinião pública/ 65% satisfeita com um governo que "tatu anda a pé/ jabuti não sobe em mangueira".

Diferentemente do governo de "Paz/Progresso" de Roseana Sarney - tendo como exemplos Pedrinhas/ Salangô/ Polo de Rosário/ Usimar/ Refinaria Premium - que bancou bandidos da Beija Flor com 8 milhões.

A Beija-Flor tinha/tem no seu comando a família do bicheiro Anísio Abrãao David/ amigos da família Sarney/ dos propineiros. A negociação foi intermediada por Bakará/ o "Comendador Sarney". 

No governo Dino "Tatu segue a pé"/ jabuti não sobe em mangueira". Se  a Tatuapé acha que o enredo sobre os tambores do Maranhão "vai ecoar" prossiga/ mas sem sentar a mão no dinheiro das Escolas.

Particularmente sou apaixonado pela magia do som dos tambores. Tem uma comunicação muito forte com as minhas raízes. Tenho a impressão que a Tatuapé vai ser bi-campeã/ sincronizando os tambores.
                     Zabumba : O lado real dos tambores sem o "Fantástico" próprio ao Carnaval da Tatuapé.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.