MAIS UMA DENÚNCIA POR INTERESSES CONTRARIADOS : CURSO DE CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES ACABOU COM A CASTA DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS QUE COMANDAVA A MÁQUINA PÚBLICA NO MARANHÃO

José Sarney desocupado orientou de Brasília suas mídias/ linhas auxiliares a criticarem um contrato realizado entre a Escola de Governo do Maranhão/ Instituto Brasiliense de Direito Público.

O "busílis the question" - o x da questão - é o fato do atual governador Flávio Dino figurar entre os pranteados ex-professores do IBDP que seria de propriedade do Ministro Gilmar Mendes.


                                          

contrato-egma-segep-idp-gilmar-mendes 

Como se observa no contrato em epígrafe são 600 servidores/ alunos com carga horária de 102 horas/ aula/ com material didático incluso/ tendo vigência de 12 meses - um ano - objetivando aperfeiçoamento em Administração Pública.

A capacitação dos 600 servidores públicos - embasamento legal/ conhecimento prático sobre procedimentos administrativos  - eliminou o "monopólio burocrático/ funcional" reinante.

Para exemplificar de forma prática/ didática/ denunciadora relembro o monopólio da "Irmãs Cajazeiras na SEDUC" - Graça Tajira/ Carmem Aroso/ Zélia Mendonça - durante mais de 40 anos.

É mais uma denúncia por interesses contrariados/ cujos valores - 1 milhão e oitocentos/ 600 alunos/ 12 meses - e bem menor que as mensalidades de qualquer faculdade particular do Maranhão. 

Vamos a certeza dos números : o CEUMA cobra em média 1 mil reais por aluno/ sem material didático/ que multiplicados por 600 dá 600 mil/ mês/durante 12 meses recebe 7 milhões e duzentos mil reais.

Vejam a diferença : IBDP recebeu 1 milhão e oitocentos mil por 102 horas/ aula para 600 alunos/ em 12 meses/ o CEUMA fatura 7 milhões/ 200 mil. A diferença/CEUMA é de 5 milhões/ 200 mil reais.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.