ARISTOCRACIA POLÍTICA : SARNEY PARA OS MESMOS/ PELOS MESMOS

Os governos Sarney/ aliados repetiram nomes/ sobrenomes nos cargos públicos ao longo de 50 anos nos governos municipais/ estaduais/ federais.

No governo de Flávio Dino sumiram do Diário Oficial as nomeações com os sobrenomes Abreu/ Duallibe/ Murad/ Gasparinho/ Lobão/ Neiva de Santana.

Sarney ganhou sobrevida de dois anos em Brasília. Temer(PMDB) na Presidência ainda permite cabides de emprego. Mas para os mesmos/ mesmas.

Graziela Neiva de Santana - afilhada de Roseana Sarney - oriunda da aristocracia política maranhense foi o nome escolhido para a EBC-MA.

Os Sarney tratam cargos federais no Maranhão como feudos. A Empresa Brasileira de Comunicação é um destes órgão sem função/ resultados.

"Jogar confetes"/ criar "mitos de competência" tem por objetivo manter o "status quo res errant ante bellum" - como estava antes da guerra.

2 comentários:

rafa disse...

São cargos de 3 escalão. A exceção do de Sarney filho, mas tbm não é tão importante. Com Dilma ele chatangeava mais.Com temer ele não faz tanta chantagem.

Cesar Bello disse...

Sarney Filho tem por lá Gasparinho Neto/ Jair Tanus Junior dentro da mesma política dos mesmos para os mesmos/ pelos mesmos

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.