PREVISÕES/ PROFECIAS/ MENTIRAS ORQUESTRADAS POR SARNEY/ ROCHA CONTRA O MARANHÃO/ GOVERNO DINO QUE NÃO ACONTECERAM

As oligarquias Sarney/ Rocha profetizaram inúmeras mentiras orquestradas contra o Maranhão/ Governo de Flávio Dino que não aconteceram.


Roberto Rocha ainda na campanha eleitoral/ 2016 em que foi amplamente derrotado profetizava o corte do pagamento/ 13º dos funcionários públicos.


Flávio Dino manteve a regularidade nos meses subsequentes a eleição municipal/ bem como adiantou o pagamento de dezembro/ 13º salário.


Fechamento das UPA'S/ aumento na construção civil foram as recentes patranhas gestadas nos gabinetes/ redação do  falido Sistema Mirante de Comunicação. 


Em pleno Natal "O Estado de São Paulo" publicou matéria truncada/ capciosa : "As verbas da Saúde são gastas com vinho pelo Governo do Maranhão". 


O "Estadão" não disse qual governo/ em que ano ocorreu o fato. O crime foi cometido no governo de Roseana Sarney/ revelado no bojo da Lava-Jato.  


O desespero é por um só motivo : financeiro. O atual governo gasta cada centavo de sua publicidade/ considerando a divulgação do Maranhão.  

Acabaram as verbas a título de "cortesia"/ "relacionamento histórico"/ "para agradar o "baronato da comunicação nacional/ a pelegada estadual".

 

2 comentários:

João Luiz Pereira Tavares disse...

Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma assim:

"O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas", diz Grazziotin.

Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica.
Que jamais será esquecido tal nascer dos anos de 2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável.

Tal fato luminoso e sui-generis foi o:

-- «Tchau querida!»

Eis aí um momento progressista, no ano de 2016.

Cesar Bello disse...

O negativo foram as manobras para livrar Roseana/ Lobão. Tchau querido.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.