SUFOCO : JORNALISTA MARROM CHORA O FIM DO ETERNO/ REPETIDO REVEION COM ALCIONE NAZARÉ/ BUKÃO/ BABÃO/ GODÃO/ BOLÃO

Durante três décadas nos "reveions" - Roseana Sarney comemorou por 12 anos sentada na cadeira de governadora - era costume Alcione Nazaré receber cachê milionário para cantar meia noite/ em seguida zarpar/ curtir em Copacabana.

Quem pagava o cachê milionário para a Marrom/ a pedido da Branca era Nazaré Bukão. Era assim : por ordem da Branca/ para Marrom/ por meio de Bukão. Isso mesmo/ 500 mil todo "reveion"/ 500 pilas na Natalina/ 500 pacurus no  São João.

Somados as três décadas diretas da Sarney/ afins foram 45 milhões de cachês para Alcione Nazaré/ a Marrom. Na mesma esteira ganhavam milhões Bukão/ Godão/ Babão/ Bolão com o Bicho Terra/ Natalina/ Essa Menina com Cheirinho de Praia.

O "povo da cultura" comprou mansões/ desfilava de carrões/ ganhou milhões no tempo da Branca. Mas ainda tem "jornalista marrom" com saudades desses absurdos. A cultura foi liberta/ não existe mais capataz/ exigindo nos versos "Sarney é minha lei". 

                                              

2 comentários:

Pereira Vieira disse...

Dom César,

Enquanto isso sluis não tem água na torneira, nos hospitais não tem remédio, as ruas esburacadas, o povo desempregado...
F.D. Foi eleito pra acabar a gastanca!
Soube que trocou o artista nativo pela artista comunista do PC do b!
Eita panelinha César!
Nem fanático, nem cínico! Kkkk

Cesar Bello disse...

Pereira acabou o Viva Zé Pereira. Godão/ Bukão/ Babão/ Bolão ficaram ricos as custas da cultura. Hoje o custo da Cultura é o necessário para divulgar nossos costumes/ potencialidades. É bem diferente.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.