FAVORES PARA OS AMIGOS/ RIGORES PARA OS INIMIGOS : A HISTÓRIA DE SARNEY E O JUDICIÁRIO ESTADUAL/ NACIONAL

Depois dos vazamento dos diálogos de Sérgio Machado/ Sarney isolou-se na ilha de Curupu/ só atende telefone se for de Michel Temer.

Ih! Taca o fogo no Sarney… alavantu… anarriê… olha a chuva ...

As investigações dos afamados jornais do sul/ sudeste não descobriram quem era o "homem que estava com a esposa/ Magda no exterior".

O blog do Cesar Bello descobriu quem era o "homem que evitaria o julgamento de Sérgio Machado no Paraná/ pelo juiz Sérgio Moro".

O ex-ministro do STJ Cesar Astolfo Rocha.

José Sarney deixa a política como entrou/ traficando influência no Judiciário - Sarney foi Secretário do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Sarney é aposentado como funcionário do Tribunal de Justiça do Maranhão/ começou na função de Secretário pela influência do pai/ desembargador.

https://sp.yimg.com/xj/th?id=OIP.M9088d27ca1221f924ea9134260470f16o1&pid=15.1&P=0&w=300&h=300

Sarney aprendeu articular "favores" para os amigos/ "rigores" para os inimigos. O Forum do Maranhão leva o nome do pai de Sarney - Sarney Costa.  

Curte essa Sarney : telefone/ Léo Magalhães.


1 comentários:

humborges disse...

Caro Cesar,
O nome do ex-ministro do STJ citado pelo Sarney que tentaria evitar o julgamento do Sérgio Machado pelo juiz Moro em Curitiba é César ASFOR Rocha e não Astolfo, que ficou famoso por, entre outras ações decisórias, detonar a "Operação Castelo de Areia".

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.