TUDO ESTÁ NO SEU LUGAR : QUEM SAI/ QUEM FICA E QUEM CHEGA DE REPENTE

Flávio Dino mantém o estilo - anunciou mudanças/ fusões no Secretariado pelo Facebook. Dino fez mudanças estruturais sem abalar o funcionamento da máquina administrativa/ sem permitir barganhas políticas.

Tudo está no seu lugar - de um lado a "mobília"/ do outro a mudança. Marcelo Tavares passa articular com o Poder Legislativo. Márcio Jerry os movimentos sociais/ sindicais. Tavares fica com a mobilia. Jerry com a mudança.

Tavares que aos 37 anos presidiu a Assembleia entre 2009/2010, conhece o "modus operandi" da maioria constituída por sarneistas convertidos em comunistas recentemente - a chamada base gelatinosa. 

Jerry além de articular na base real/ fundamental para a mudança - movimentos sindicais/ sociais - comandará a Comunicação do Governo. Dino separou a mudança da "mobília", sem pagar aluguel por atraso.

Marcelo Tavares decora os versos íntimos de Augustos dos Anjos para entabular/ articular a convivência com os amigos da base gelatinosa : "o homem que mora entre feras sente a necessidade de ser fera"

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!
Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.


Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.

Se a alguém causa ainda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!









0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.