Publicidade

TODO DIA É DIA DE ÍNDIO : EXPLORADOS DESDE O DESCOBRIMENTO DO BRASIL POR COMERCIANTES/EMPRESÁRIOS INESCRUPULOSOS

O Padre Antônio Vieira, o Paiaçu- Grande/Padre Pai em língua tupi - destacou-se pela defesa dos direitos dos povos indígenas, combatendo a exploração/escravização por meio da evangelização.

No Sermão das "Tentações", o Padre Vieira buscava encontrar saída para o protesto dos colonos, contra o Diploma Real que mandava libertar índios cativos. O Sermão das Tentações teve efeito imediato.

Vieira convenceu os colonos por algum tempo, mas prevendo o fim do diálogo sentenciou "na falta do índio escravo/ serviçal", melhor sustentar-se do próprio suor/ do que do sangue alheio"- o dos índios.

Os tempos passaram, mas os exploradores dos índios continuam a secular prática de usá-los como massa de manobra para enriquecimento ilícito. No Maranhão são os empresários de Transporte Escolar.

Empresários corruptos/corruptores de Transporte Escolar devem ser rigorosamente investigados pelo Ministério Público Federal/ Polícia Federal na suposta tentativa de locupletarem-se, usando a má-fé de lideranças indígenas,

Uma dívida de 50 milhões- transporte escolar dos índios em 2013/2014 sem comprovação de execução/não reconhecida pelo governo anterior - é usada como mote em uma greve de fome articulada entre corruptos/corrompidos.

Dino correto/ justo e duro como o Padre Vieira diz : "não existem condições jurídicas- comprovação da execução do transporte escolar indígena nos anos de 2013/2014 - para o pagamento, conforme o desejo de alguns empresários.

O governo não deve socorrer-se do Ministério Episcopal- dos padres. Todavia o Ministério Público Federal/ Funai devem ser acionados para encontrarem a real motivação da cobrança absurda/ilegal de serviço inexistente.

2 comentários:

Anônimo disse...

Bello, já acharam o índio Reis Pacheco que tava sumido nas matas do rangedor?

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Ele estava com um deputado conhecido como cacique Harabichara e o blogueiro Harabichona.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.