PERSEGUIÇÃO É ESTRATÉGIA : SARNEY ESPERA INOCENTAR ROSEANA NO PLENÁRIO DO STF E DEVOLVÊ-LA AO JOGO POLÍTICO

Sarney usa a velha tática- a melhor defesa é o ataque. Sarney diz que a filha está sendo injustiçada, que seu nome na lista negra da cloaca da Petrobrás é perseguição, vingança.

Sarney culpa Flávio Dino pela "injustiça". Diz que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot incluiu a Sarney sob forte influência do Diretor de Relações Institucionais da PGR, Nicolau Dino.

Nicolau é irmão de Flávio, mas precisaria ser mais do que amigo de Janot para incluir Roseana no Petrolão. Porque? A decisão final da investigação foi do Ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavask. 

A tática da perseguição desenvolvida por Sarney é justificativa/estratégia- inclusão do nome da filha Roseana Sarney é vingança de Nicolau/Flávio/Janot pela exclusão do nome de Nicolau pelo Senado. 

Sarney acredita inocentar a filha no Plenário do STF com a maioria dos votos dos Ministros. A improvável inocência de Roseana Sarney a devolveria ao jogo político nos braços do povo. Não chores por mim Maranhão.

Imagina Roseana Sarney de volta ao Maranhão livre das acusações do Petrolão, sobre os acorde de "Não chores por mim Argentina". Sarney perdeu as presas, mas não perdeu as pintas.


2 comentários:

Carlos Eduardo disse...

Roseana julgada no STF? Não seria na justiça comum que ela seria julgada? Ela ainda tem foro privilegiado?

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Seja onde for, caberá recurso para o STF. Trabalho com a possibilidade de condenação.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.