PEGOU MAL FURAR A FILA DE VOTAÇÃO : ELEITOR RECLAMA DE FLÁVIO DINO

O dia da eleição revela surpresas inimagináveis : Edinho Lobão chorando na fila de votação e Flávio Dino tentando furar a ordem de votação.

Humm!Pegou mal.  

"Candidato, por favor não me decepcione". A frase/vídeo do dia da eleição devem ser guardadas e refletidas por todos da oposição.

A cobrança do cidadão/eleitor é válida, lícita, correta, oportuna. Que todos tenham coragem, decência para agir como este que reclama no vídeo.

7 comentários:

Anônimo disse...

César, vi a reportagem na TV Mirante, que ele estava na fila e o presidente da mesa o chamou para votar.....Por ser candidato majoritário, não tem essa prerrogativa??? Acho que sim!!! Caso não aceite, já vira pieguismo....

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Acho que não. Não é Flávio quem diz que todos são iguais? Mesmo tendo essa prerrogativa absurda, não deveria aceitar passar na frente dos outros. Acho que ele pisou na bola. Faltou alguém com coragem/honestidade para preveni-lo do desgaste. Sinceramente não foi nada bom. Defendo o direito deste cidadão que não conheço. seus argumentos são fortes : "estou com mulher grávida e um filho". isso fundamenta seus reclamos mais do que prerrogativas. O que eu gostei foi da coragem do cidadão, que embora votando em Dino não se intimidou com o cheiro do poder que fez o mesário babar Dino.

Anônimo disse...

Acho que tem hora que o bom senso é melhor do que a ética! Faltou bom senso a esse eleitor! Não se pode exigir que o Zico enfrente fila e pague ingresso pra entrar no Maracanã!

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Vai explicar isso na frente da fila. O bom senso requeria no momento para não aceitar a "babada" do mesário que fez o convite a Dino. Um gesto deste no início da campanha seria fatal. No final não afeta a eleição, mas é lição para o exercício de governo. Um "Babão" é sempre um perigo, dois babões dois perigos, muitos babões muitos perigos. Esse eleitor é o destaque desta eleição, ele teve coragem, atitude, argumentou de forma enérgica, com decência.

Anônimo disse...

Flávio tem a prerrogativa legal de na condição de candidato não enfrentar fila como já foi colocado! Na frente das câmeras da Mirante, pra mim esse eleitor ou é mais um "suspeito", ou apenas pagou mico por desinformação, vergonha alheia! Não adianta dizer que a prerrogativa é absurda, lei é lei, assim com Fidelix calou no debate da globo, os candidatos da ditadura LGBT, utilizando a Constituição e o Códido Civil, que diz que o casamento é entre homem e mulher! mesmo que muitos achem absurdo!

BLOG DO CESAR BELLO disse...

Dino não pode pautar a visão pelo legalismo. A exploração do fato é condenável, mas não se pode imputar ao cidadão/eleitor de pagar mico. Ele estava no direito dele e Flávio Dino respeitou. Contudo é preciso ter atenção com as cortesias que desigualam os cidadãos. Agora é festa, que fique a lição da eleição.

Anônimo disse...

Sou mesária, presidente, há mais de 20 anos e sei plenamente que nenhum candidato deve entrar na fila. Toda vez que um candidato chegar para votar deve passar na frente para não influenciar o eleitor. Esta observação deve ser feita por um dos mesários.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.