DESCULPEM A BAIXA PRODUTIVIDADE : HOJE É O ANIVERSÁRIO DO MEU FILHO AUGUSTO

EDINHO NA TÁBUA DE MARÉS : JORNAL DE SARNEY DESTACA CHEGADA DO CANDIDATO AO GOVERNO NO RODA-PÉ

A candidatura ao governo de Edinho Lobão não é da vontade de Roseana Sarney. Edinho está tão desprestigiado, que o jornal "O Estado do Maranhão" desta terça(22), "destaca" no roda-pé ao lado da tábua de marés : "Líderes preparam atos para a chegada de Edinho".

A editoria de política do EMA faz "samba de sarará-doido". Repórteres afirmam a participação de Roseana Sarney no "ato informal", na Assembleia Legislativa. O editor diz que a Sarney o recepcionará nos Leões. Ninguém sabe se ela vai para Alema ou fica nos Leões.

A candidatura de Edinho foi batizada como "fala que eu te escuto"- só no telefone. O Ministro das Minas e Energia, Edson Lobão passou duas semanas, pedindo de Brasília a participação da classe política no evento que recepcionará Edinho. Só trinta por cento confirmaram presença.

A fraca motivação fez a coordenação mudar o local da reunião, que juntaria a classe política com Edinho. A princípio seria no Hotel Rio Poty. João Alberto percebeu que a proporção do público seria pequena para o local, autorizando a mudança para Assembleia Legislativa.

A candidatura de Edinho Lobão só persiste pela obstinação de João Alberto. Há muito Sarney não coloca "um prego na barra de sabão" da política do Maranhão. É João Alberto, por meio da força jovem do fiel escudeiro Roberto Costa, quem tudo resolve.

NOTÍCIAS SOBRE MUDANÇAS NA CHAPA DE DINO SÃO COMO MORTES EM PEDRINHAS : QUASE TODO DIA TEM UMA

Chegaria a ser cômico, se não fosse chato, ler as elucubrações sobre as mudanças na chapa de Flávio Dino. As informações parecem o noticiário sobre Pedrinhas- quase todo dia tem uma "morte".

A diferença é quem em Pedrinhas, as degolas/enforcamento/mortes por faca são fatos reais. Já as mudanças na chapa de Dino, perdem consistência quando analisadas com mais de 2 neurônios.

Castelo candidato a senador não pediria voto para Dino? Qual a liderança no campo oposicionista- deputado, prefeito, vereador, líder comunitário que pediria para votar Castelo/Edinho?

É suicídio difundir o voto camarão- sem cabeça, na oposição.  A dupla candidatura/Senado é outro exercício de teratologia- que se preocupa com o anormal. Como dois candidatos a senador para uma vaga? 

A mudança do candidato a vice-governador- de Honaiser(PDT) para Carlos Brandão(PSDB), incomoda porque aumenta o tempo de televisão- de 6 para 8 minutos pró Flávio Dino. É só.

Tem suplência suficiente para agradar a todos.

FLÁVIO DINO : "ESTÃO QUERENDO BOTAR DOBRADIÇA EM ASA DE BORBOLETA"

Flávio Dino está em estado de graça. Todos os presidenciáveis o apoiam na tarefa de derrubar o último coronel da política brasileira- José Sarney. Os partidos políticos o cortejam com o tempo de televisão.

Dino de "macaco em loja de louça"- aquele que quebra por instinto, transformou-se negociador hábil. Juntou os  partidos de oposição no projeto de mudança. Algumas costuras precipitadas serão alinhavadas.

Incentivam o PDT de Honaiser a romper, o PSB de Rocha a desconfiar, o PSDB Castelo a não confiar, o PPS de Eliziane a não rezar. Dino virou fermento político- quando mais batem, mais ele cresce. 

"Estão querendo botar dobradiça em asa de borboleta. Não vamos patrocinar divisões pelas escolhas. Tudo será transparente, democrático, discutido, deliberado por todos", tranquilizou Flávio Dino. 



ROSEANA SARNEY AMEAÇA DEMITIR MÃE NAGIBA : "ELE ESTÁ ACOSTUMADO A GANHAR COM A BOLA NO PÉ E O GOLEIRO AMARRADO"

A governadora Roseana Sarney não teria gostado de "nem uma letra" do artigo publicado pelo Secretário de Esportes do Estado, Joaquim Haickel, o Mãe Nagiba, que sugere a mudança de secretários para beneficiar a campanha de Edinho Lobão.

"Lutarei como militante do PMDB a favor do senador Lobão Filho, participarei de todos os atos em prol da sua candidatura, o receberei na sede do governo quantas vezes solicitar, mas não usarei, nem permitirei o uso da máquina pública em benefício de candidatos".

Ao ser questionada sobre a proposta de mudanças no Secretariado feitas pelo Secretário de Esportes, Joaquim Haickel, Roseana Sarney teria respondido : "Ele está acostumado a ganhar com a bola no pé e o goleiro amarrado, não basta ser secretário, tem de suar".

Joaquim Haickel, o Mãe Nagiba em artigo no jornal "O Estado do Maranhão,  usou  os ensinamentos do filósofo do  futebol Neném Prancha, para propor a prática de fisiologismos governo/campanha de Edinho : "quem pede recebe, quem se desloca tem preferência".

O final da frase "não basta ser secretário, tem de suar", foi interpretado como disposição de demitir Joaquim Haickel, o Mãe Nagiba. "Ele quase não vai na Secretaria, passa a maior parte do tempo assistindo filmes pornô em casa", disse um funcionário da SEDEL.

1984/2014 : TRINTA ANOS DEPOIS AS COINCIDÊNCIAS ENTRE JAIMINHO E EDINHO

Sarney paga hoje seu maior pecado- não reciclar lideranças autênticas ao longo de 50 anos de mando/desmandos. Pedro Neiva de Santana, Osvaldo da Costa Nunes Freire, João Castelo, Luís Rocha foram ungidos ao governo pelas mãos de José Sarney.

José Libério, Haroldo Tavares, Ivar Saldanha, Bayma Junior, Roberto Macieira, Mauro Fecury chegaram a prefeitura da Capital sem um voto. Na maioria dos municípios "Sarney era a Lei". Assembleia/Câmaras de Vereadores "o voto de cabresto".

"Meu voto é minha lei/ para isto, ou aquilo José Sarney". Sarney é Sarney" era assim até 1984, em todo o estado. As eleições diretas para as prefeituras das capitais brasileiras promoveram o início da mudança, que se concretizará em 4 de outubro, no Maranhão.

Foram 30 anos de aprendizado, concluindo-se que entre 1965 e 1985 quase tudo era "faz de conta". A oposição representada por Epitácio Cafeteira brigava na "taba" e fazia acordos em Brasília. Sarney tinha a oposição útil/necessária, que contentava-se com a reeleição.

Domingos Freitas Diniz, Jackson Lago, Haroldo Saboia, Luís Pedro, Gervásio Santos, Mauro Bezerra, Domingos Dutra foram lideranças autênticas surgidas entre 1965/1985. Contudo a ditadura facilitava Sarney manter o controle político pelas "botas/verbas/medo". 

Em 1984, Gardênia Gonçalves ganhou as eleições diretas na Capital do Maranhão. O candidato do Presidente Sarney, do governador Luís Rocha, do prefeito Mauro Fecury, era Jaime Santana, o Jaiminho, filho do ex-governador Pedro Neiva de Santana.

Após 30 anos, Sarney repetirá a desastrosa campanha de 1984? Edinho no lugar de Jaiminho. Ambos filhos de ex-governadores, que não ameaçaram o poder de mando/desmandos de Sarney. A semelhança é propositada ? Não, é falta de opção e pretensão de voltar em 2018.

MÃE NAGIBA VESTIDO COMO OVO DE PASCOA : ENROLADO POR FORA E CHEIO DE DESEJOS POR DENTRO

Joaquim Haickel, o "Mãe Nagiba" é um carcamano mala- com cheiro de quibe/naftalina. O gordo usa a condição de articulista no EMA(Jornal Estado do Maranhão), para difundir seus interesses e daqueles com os quais se associou há quase 4 décadas- Fernando Sarney/Edinho Lobão.

"Nagiba" é o porta-voz da dupla de saqueadores epigrafados. "Nagiba" escreve neste domingo(20) vestido como ovo de pascoa- enrolado por fora e cheio de desejos por dentro. Nagiba quer a estrutura do governo na campanha de governo de Edinho, para de lá tirar uns bons "trocadinhos".

Roseana disse que "não vai usar, nem deixar que usem"  a máquina do governo. Mãe Nagiba, Edinho&Fernando Sarney pensam e agem em contrário. Nagiba equaciona, faz contorcionismos verbais, usa os argumentos do filósofo Neném Prancha: "quem pede recebe, quem se desloca tem preferência".  

Observem a construção cheia de sofismas- raciocínios capciosos, que escondem interesses financeiros escudados nos eleitorais. Parafraseando Rui Barbosa "é nessa hora que os maranhenses chegam a ri de si mesmos".


"É nessa hora que o governo pode ampliar a base de apoio ao seus candidatos majoritários.
Ações como estas podem ser realizadas desde logo nas seguintes secretarias, principalmente por algumas delas estarem sendo ocupadas interinamente: Educação, Cidades, Infraestrutura, Segurança, Assuntos Políticos, Gestão e Previdência, Trabalho, Assuntos Estratégicos, Programas Especiais, Representação Institucional, Juventude, e Políticas Públicas".
Já disse várias vezes que os ensinamentos do grande filósofo do futebol Neném Prancha são maravilhosamente bem aproveitáveis na política: quem pede, recebe, quem se desloca tem preferência. Significa dizer que quem não pede não recebe, quem não conversa não amplia seus apoios. Quem não se movimenta, não é visto e quem não é visto não é lembrado".

Para os cinéfilos : existe diferença entre estar vestido de ovo de pascoa ou de noiva? Não. A prostituição sempre tem o gosto doce para quem prova, ou para quem se deixa ser provado. 



JÁ VI ESSE FILME : EDINHO DAS CÚPULAS/EDINHO FORÇA TOTAL

"Lobão Filho desembarcará em São Luís lastreado pela cúpula do PMDB maranhense, pela cúpula nacional do partido com apoio direto do vice-presidente da República, Michel Temer, com o aval do ex-presidente Lula", diz a Coluna Estado Maior do EMA.

Já vi esse filme em 1984. Foi a maior taca que o povo deu no grupo dominante. Sarney era presidente da República, Luís Rocha governador, Mauro Fecury prefeito. O candidato dos três era Jaime Santana,o Jaiminho filho do ex-governador Pedro Neiva de Santana.

Gardênia Gonçalves com nome de flor prometia apenas : "tratar São Luís com amor". Jaiminho tal qual Edinho vinha lastreado pelas cúpulas. A taca foi humilhante. Presidente da República, governador e prefeito foram "chicoteados" pelos votos dos ludovicense.

Depois de 4 de outubro de 2014, quem ainda duvida vai se arrepender. Flávio Dino ganhará as eleições para o governo no primeiro turno, com vantagem de mais de 60% dos votos. Edinho em respeito ao nome poderá chegar aos 30%. É só.

AGENDA POLÍTICA DE EDINHO NO MARANHÃO É SÓ MIGUÉ

A megalomania é marca entre alguns políticos maranhenses. Ricardo Murad não é o único que tenta impressionar pela superestrutura. Edinho Lobão não pensa de forma maior que o próprio nome. 

Edinho é Edinho, porque se Edinho não fosse Lobão, Edinho não seria candidato a governador em lugar nenhum do mundo. Talvez na intransponível Macondo, cidade ficcional criada por Gabriel Garcia Marques.

Edinho em entrevista ao "Estado do Maranhão"- o EMA de domingo(20), revela o pensamento político. Edinho começou a campanha pelas cúpulas partidárias- foi ao Instituto Lula/SP ao invés das bases.

Em São Luís "será recebido pela cúpula do PMDB e lideranças governista. Logo após cumprirá agenda com prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de vários municípios"-  o faz de conta de sempre.

Edinho será recebido por Roseana. A Jonhson&Jonhson deveria criar fralda própria para este encontro- pode sair um peido, como pode ser uma cagada. Eles não se suportam, mas devem fingir unidade como sempre.

Por fim Edinho promete na "quinta, sexta fazer alguns contatos pessoais. "Será a oportunidade para ouvir a classe", disse o mimado. Depois deste faz de conta, Edinho retorna para  Brasília/São Paulo e recomeça a campanha por telefone. É só.

A agenda política de Edinho é só Migué.

TOMOU NO : CU(CLAUDIO UMBERTO) RETIFICA FACTOIDE TEMENDO PAGAR PELO CRIME ELEITORAL

O jornalista Claudio Umberto faz retificação de factoide postado, dando como certo o empate técnico entre Edinho/Dino. Claudio Umberto teria recebido 100 mil reais. 50 mil para pagar a multa pela patranha(mentira) e 50 mil para este sacana beber Old Par até 4 outubro.

Claudio Umberto faz postagem "reparadora", informando que o empate técnico é em apenas um município. CU(Claudio Umberto) não informa qual o município. A postagem não repara o objetivo da falsa informação- espalhar empate na disputa véspera da chegada de Edinho.

CU(Claudio Umberto) é o eterno assessor de imprensa de Collor de Melo. CU(Claudio Umberto) está acostumado com o cheiro de merda. Tem gente como CU(Claudio Umberto) que ao sentir o cheiro diz : "oh bosta cheirosa". CU está com medo de tomar nele mesmo.

Joaquim Haickel e CU(Claudio Umberto)gostam de citar Nicolau Maquiavel. A dupla esta com medo de outro Nicolau, o Nicolau Dino. Imagina se a Procuradoria Geral da República toma a iniciativa de apurar este crime eleitoral? Será que é de competência da PGR?

Aproveitando os fatos :



COMEÇA O MARKETING : EDINHO USA A BOLHA DA SUPERESTRUTURA/DINO COMBATE COM AS ESFERAS PÚBLICAS

Edinho Lobão iniciou o marketing de campanha pautado no "jogo sujo"- plantou no Claudio Umberto factoide, dando conta de empate técnico com Dino. Na quarta-feira(23) tentará impressionar com a superestrutura- as forças econômicas, políticas, ideológicas temidas por Hegel, Marx, Gramsci.

Flávio Dino trabalha as esferas públicas- dimensão que atua entre o Estado e a sociedade pela qual o público se organiza como titular da opinião pública, por meio dos "Diálogos" desde 2013. O objetivo é reunir as propostas/anseios dos diversos municípios como plataforma política.

Flávio Dino leva vantagem por enquanto. As esferas públicas são mais consistentes do que a bolha da superestrutura, em que se escuda Edinho Lobão. Contudo é preciso cuidado com o manipulativo- "cálculo sócio-psicológico das ofertas endereçadas a tendência inconscientes", como nos ensina Habermas. 



SOBRE O SENADO E OUTROS BABADOS

O governo de forma propositada mantém 3 candidaturas ao Senado- Arnaldo Melo, Pedro Fernandes e Gastão Vieira. Melo tem o apoio irrestrito dos deputados estaduais. Fernandes/Viera tem fortíssima penetração nos municípios do Maranhão.

A teia de candidaturas- Melo/Fernandes/Vieira, não dá espaço para articulação do até então candidato único das oposições- Roberto Rocha. O movimento de rotação- a terra gira em torno de si,visa preservar o espaço do real candidato- Clóvis Fecury ou Sarney? 

O mesmo não se pode dizer do movimento de translação- a terra gira em torno do sol. Roberto Rocha que estava como o "sol" das oposições, pode ter como concorrente João Castelo.  Rocha/Castelo pela oposição e apenas Fecury pelo governo é sal. 

Por esta aritmética eleitoral, um candidato não pode pedir voto(2014) para o outro, como ocorreu em 2010- Lobão/João Alberto. Porque? Só tem uma vaga em disputa, diferentemente da última eleição para o Senado(2010), quando tinham duas vagas.

Para entender o poder do marketing aliado a inteligência.

QUE HISTÓRIA É ESSA ? NACIONALIZARAM A DISPUTA NO GOVERNO DO MARANHÃO ?

Falta criatividade para os governistas. Inventaram uma tal "nacionalização na disputa pelo governo do Maranhão". O que de fato existe é que o Brasil inteiro/seus variados líderes, esperam a queda do ultimo coronel da política brasileira.

Dilma/Lula estão com Edinho? Aécio Neves com Flávio Dino. De onde tiraram essa dicotomia. "Dividir para reinar" é pensamento de Maquiavel. Joaquim Haickel, sócio, coordenador da campanha de Edinho anda escrevendo pautado em Nicolau. Será coisa do gordo?

Dilma/Lula/Aécio Neves/Eduardo Campos/Marina Silva devem apoiar Flávio Dino, dentro do interesse nacional da mudança de mentalidade no Maranhão. Sarney deve ser respeitado nos limites éticos, mas nada que signifique continuísmo. É só.

Por isso Sarney&Filha estão saindo a francesa. É melhor perder vestido de lobo, do que tentar se disfarçar de carneiro. Para piorar José Reinaldo que foi Carneiro, hoje Tavares, sabe dos pulos. Essa de nacionalizar lembra a campanha de Américo de Souza.

Américo de Sousa foi candidato a Senador. Para impressionar o eleitorado maranhense, dizia que era um nome nacional. Souza levou uma taca tão grande, que nunca mais quis se candidatar. Quando aparecia era tema de gozação- "lá vem o nome nacional".

O maranhense é moleque. Edinho Lobão já foi batizado de Edinho Trinta Por Cento- por causa de supostos pedidos percentuais a empresários/prestadores de serviço. Na intimidade Edinho Trinta. Mas até o fim da campanha para o governo ele leva o dele. 

1º DE ABRIL FORA DE ÉPOCA : MARQUETEIROS DE EDINHO PLANTAM NO CU(CLAUDIO UMBERTO) EMPATE EDINHO/DINO

Os marqueteiros de Edinho Lobão mostram como pretendem o nível da campanha. O titular desta coluna eletrônica alertou em postagem anterior- "Da engenharia à arquitetura", da possibilidade do jogo sujo.

Os marqueteiros de Edinho Lobão plantaram no CU(Claudio Umberto), empate entre Edinho/Dino. As digitais da falsa informação estão em matérias anteriores. Edinho clama pelo alto nível de campanha.

A velha tática de divulgar matéria em um sentido- nível elevado de campanha, e agir de forma diametralmente oposta.Edinho pensa que na taba só tem "porquinho". E CU(Claudio Umberto) ? Cabra safado !


PDT TUDO A VÊ : JACKSON LAGO O CAMINHO, A VERDADE E O TAMANHO DA CRUZ

Jackson Lago morreu deixando venerada sua história de vida. Mas seus discípulos sempre agiram em contrário. Porque o mestre deixou? Flávio Dino dispensou recentemente a mobília de Lago, promete "não roubar e nem deixar que roubem". Palavras da salvação.

Tudo começou em 1965. Naquele tempo, Cafeteira elegeu-se prefeito com a promessa de "surrar a onça com ripa"- ganhar a eleição do governador Newton Bello. Epitácio Cafeteira virou epitáfio- o que se escreve nas sepultaras, juntando-se a Sarney em 1985. Desconjuro.

Jackson Lago também teve suas quedas. As principais coincidem em número, com as de Cristo. A primeira em 2000 quando brindou/selou acordo com Roseana Sarney. A segunda quando chegou ao governo, hospedando a "mobília" nos Leões. A terceira ao ser cassado.

Nesta Sexta-Feira da Paixão(18), bem que o PDT poderia colocar os versos de Nauro Machado- "Cova Invadida", do livro Anafilático Desespero da Esperança, Editora Antares, como epitáfio, na lápide da sepultura do venerado Jackson Lago :

Acaba, Déus  meu tempo inútil
Arranca, Déus, de um corpo fútil,
para ser corpo e ainda ser
do corpo o meu corpo, este fruto
a fazer sangue de luto
a fazer-se sangue e morrer!




A DINÂMICA POLÍTICA E O CHORO DAS VIÚVAS DE SARNEY

Os blogueiros sarno-miranteanos- Deça, Léda, Aragão, Hostílio, Lobato, Caridoso&Filhos, sofrem por antecipação. Eles sabem que vão acabar os super-salários por tráfico de influência ou extorsão.

O choro das viúvas de Sarney torna-se farto/lamurioso a cada passo de Flávio Dino no rumo dos Leões. Querem certificado de fidelidade política de Dino, usando Sarney como exemplo de coerência?

"Me compre um bode" é um bordão ultimamente temido, vou evitá-lo. Querer transformar camaleão em "pedra noventa", é metamorfose de viúva sedenta. Fosse uma melancia  passaria fácil.

Tem aquela da "moça que afirmará para o futuro esposo que era virgem. Na véspera do casamento ela contou que "não era mais nada" para a mãe. A mãe recomendou para a nubente :

- Coloca um caranguejo.

A "moça" espantada/temerosa disse :

- Mãe não vai dá.

A velha insistiu :

- Vai dá sim, para casar com teu pai coloque uma melancia.

Na hora do rala/rola/rôla e coisa/lousa, o noivo estava encontrado dificuldade para penetrar o casco do "cabaço". Ele então resolveu  "comer pelas beiradas". Quando ele meteu, o caranguejo mordeu.

O  noivo "morto de contente" sacudiu o caranguejo de dentro da vulva para fora, gritando loucamente ;

- Sai daí cabaço.

O caranguejo bateu na parede e saiu andando para trás.

Sarney como exemplo de coerência política é cabaço de caranguejo ou melancia?



ROSEANA SARNEY LAVOU AS MÃOS ? EDINHO SÓ DEPOIS DA QUARTA-FEIRA "SANTA DE CINZAS"

A candidatura de Edinho Lobão está presa em Brasília. Por enquanto tem dois votos- o de Nice e Edson Lobão. Roseana Sarney lavou as mãos? Edinho vai ser crucificado ? O moço anuncia que pisa na taba só depois da "quarta-feira santa de cinza".

Vai ser no Rio Poty Hotel a apoteótica aparição do candidato-playboy. Tudo está sendo programado no estilo americano. Edinho não vai "dar um pio" até lá. Doravante todas as falas serão estudas e posteriormente autorizada. Nada de "puro sangue" ou implosão.

Edinho vem light, sem jactar-se. Querem dar a postura o tom da humildade. Vem sendo trabalhado o olhar que parece encontrar a prepotência. O tom da voz deve perder o artificial. O cabelo cumprido de play deve ser cortado para tamanho de candidato.

(Foto: Biman Prado/O Estado)

Das amígdalas às cujubas tudo foi revisado no Albert Einstein. Mas como dizia Freud a mente não tem topografia- lugar em que possa ser encontrada. Como localizar o ego(eu), superego(limites), id(instintos) de um Edinho mimado deste a infância ?

Depois conto umas  que devem fazer Cristo tremer na cruz. Tem uma que depois de "ficar" com a "cara metade" de um amigo, pegou a calcinha da infiel, levou para uma churrascaria que que sempre almoçava com  o "pontudo" e jogou em cima da mesa.

 Deu separação. 

  

DINO USOU ANZOL DE PONTA DUPLA : PESCOU "BOI DE PIRANHA", FERROU O GADO E TEM UM TUCANO-PAPAGAIO NO OMBRO

Flávio Dino tem como orientado-mor o ex-governador José Reinaldo Tavares. Dino escuta Zé Reinaldo, quando não escutou se ferrou, excetuando-se o irrestrito apoio a Holanda Junior em 2012, Tavares advogava a isenção de Dino.

Quando o assunto é eleição para o governo, Tavares conhece "por dentro e por fora" o processo. Articulações, mapeamento, logística, principalmente a dinâmica das eleições. É um bispo- corre na diagonal e olha os dois lados.

Orientado, Flávio Dino propositadamente fez vazar para dois blogueiros governistas- Deça/Léda, minuta de carta em que o PSDB/PPS apresentam proposta de aliança. Os blogueiros governistas morderam a isca e divulgaram.

Flávio Dino sabendo que o PDT iria reagir, mandou interlocutores aconselharem pressa na indicação de Márcio Honaiser como vice-governador na chapa de Dino. Weverton Rocha&Cia morderam a outra ponta do anzol e Honaiser virou nada.

Dino usou anzol de ponta dupla para pescar o "partido boi de piranha- aquele que morto pelas piranhas serve para a manada passar. O pescado como "boi de piranha" foi o PDT, com menor tempo de televisão e desgastada imagem dos dirigentes.

"Gado ferrado se solta no pasto". Dino não acredita que o PDT tenha coragem de lançar candidatura própria. Dino jogou bem, pescou "boi de piranha", ferrou o gado e tem um tucano-papagaio no ombro, mas pode ser surpreendido pela candidatura de Hilton Gonçalo.  

Tem aquela história do cara que se vestiu de pirata, botou um papagaio no ombro e foi para o baile carnavalesco. Em uma briga foi ferido no rosto. Por onde passava diziam "que talho". O "pirata" assustou-se ao ver a dimensão do corte no espelho do banheiro.

O papagaio que não cairá do ombro do pirata começou a a repetir insistentemente na frente do espelho do banheiro : "que talho, que talho". O "pirata" se deu conta que estava no banheiro feminino. Pegou o papagaio do ombro e jogou dentro do vazo sanitário.

Uma mulher entrou no banheiro logo após a saída do pirata, sentou no vazo sanitário em que o papagaio fora jogado. Ela urinou tipo "chororó" na cabeça do papagaio, que afogado olhou para cima gritando : "que talho, que talho". 

Quem é o pirata? Quem é o papagaio-tucano?  Quem é a mulher surpreendida? E o talho ? Coisa de Dona Carochinha? Devagar com cuspe e com jeito é que se come direito.

FLÁVIO DINO MANTERÁ O PDT NO ARCO DE ALIANÇAS OPOSICIONISTA ?

O PDT fora do arco de alianças do PC do PC do B é mais do que tempo de televisão. Hilton Gonçalo é candidato competitivo, com características- humildade/simplicidade/resultados administrativos que faltam a Dino/Edinho.

Gonçalo é o  único/autêntico municipalista. Dino/Edinho foram prefeitos em que municípios? A Embratur lembra o Cristo Redentor inalcançável, concreto, frio de braços abertos. A Difusora a difusão do pecado/mentira.

Hilton Gonçalo na disputa pelo governo também precisaria de tempo de televisão. Como resolver esta equação? Garimpando o que resta no varejo político- adesão de partidos com deputados federais que resultem em tempo de televisão ?

Weverton Rocha comanda o PDT, além do mandato precisa da proteção das togas dinistas. Rocha pensa o PDT em torno da reeleição/prescrição das penas. O PDT quer candidatura própria que facilitaria a eleição de Weverton. Mas tem os problemas legais.

MUDANÇA GERAL/ALVORADA VORAZ : CARLOS BRANDÃO(PSDB) VICE DE DINO COLOCA HILTON GONÇALO NA DISPUTA DO GOVERNO PELO PDT

Um novo desenho do quadro eleitoral começa formar-se nas nuvens da política local. Confirmada a escolha de Carlos Brandão(PSDB) como vice-governador na chapa de Dino, Hilton Gonçalo deverá ser o candidato a governador pelo PDT.

A presença do competente médico, bem avaliado prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo dará competitividade ao pleito, com a possibilidade de segundo turno, considerando-se que a candidatura do governo- Edinho Lobão não sai de Brasília.

Flávio Dino e Hilton Gonçalo devem rivalizar-se em alto nível. Gonçalo tem excelentes resultados em todos os níveis de administração como gestor na prefeitura de Santa Rita, que devem ser explorados pelos marqueteiros de Gonçalo.

Médico humano/humilde/querido tem personalidade afável, conversa com muita facilidade com o povo/classe política, características que faltam a Flávio Dino e Edinho Lobão. Gonçalo é a candidatura que todos esperavam para tornar a eleição de governo disputada.

Gonçalo é ficha limpa, empresário bem sucedido de forma limpa , longe das sombras dos governos. A Alvorada Motos da propriedade de sua família está em todo o Maranhão, com capital financeiro positivo que não teme auditorias fiscais, posto que justificado.

Hilton Gonçalo era o nome que faltava para tornar as eleições de governo/2014, disputadas em nível de competência/transparência. O processo já estava ficando modorrento, com Edinho Lobão fazendo de conta que era candidato e Flávio Dino nomeado Secretariado.

DA ENGENHARIA À ARQUITETURA : DINO QUER ARRUMAR O TEMPO DE TELEVISÃO COM PSDB/PPS

O candidato oposicionista, Flávio Dino administra a vantagem eleitoral, imprimindo ritmo médio a campanha. Dino alterna os "Diálogos" nos municípios maranhenses, com os "diálogos brasilienses".

Planalto/planice são trabalhados em velocidade média, evitando demonstrar medo/deboche. Da engenharia política à arquitetura- as arrumações para aumentar o tempo de televisão- o palanque eletrônico de Dino.

Dino possui aproximadamente 7,5 minutos de televisão, trazendo o PSDB/PPS vai para 11, desde que mantenha o arco de alianças. Edinho ultrapassa a 13 minutos. Mantidos estes tempos, a diferença não será perceptível.  

Edinho Lobão tem boa estampa, mas quando abre a boca detona a si mesmo. Os marqueteiros tem a favor a possibilidade de mudar sem tornar público as asneiras de Edinho. Eles estão formatando Edinho para entrevistas/debates.

Aposto um Red Bul como Edinho Lobão chega no Maranhão, propondo debate com Flávio Dino. Se assim não for agora, no decorrer da campanha, Edinho Lobão vai tentar polemizar o máximo. Dino vai morder o veneno?

EDINHO PERDE APOIO DA ASSEMBLEIA DE DEUS : PASTOR BEL SE SENTE ENGANADO EM RELAÇÃO AO SENADO

Edinho Lobão começa a campanha com fama de enrolão. Edinho tinha prometido licenciar-se para concorrer ao governo. O segundo suplente, o Pastor Bel mandou lavar o terno da posse. Para o descontentamento do Pastor Bel e de toda cúpula da Assembleia de Deus, Edinho voltou atrás.

"Esta é a segunda vez que ele faz esta palhaçada com o Pastor Bel. A primeira foi naquele acidente automobilístico misterioso. Agora foi com essa história de candidatar-se ao governo. Como ele pode ser candidato ao governo, exercendo o Senado? Vai faltar mais do que a mãe dele", disse um membro da AD. 

O "chefão dos evangélicos" tem paixão pelo "chefão dos comunistas. Com essa pisada na bola de Edinho Enrolão, digo Lobão dificilmente ele terá o apoio da AD. Edinho ainda debochou : "Bel vai assumir depois da minha vitória".

Flávio Dino não precisa se preocupar, é só deixar Edinho Enrolão, digo Lobão falar. Edinho está brincando com o povo de Deus.

EDINHO LOBÃO : TIETE OU CANDIDATO A GOVERNADOR.?

Edinho Lobão saiu do encontro com Lula como uma tiete. "Lula é fantástico, ele sempre é fantástico", disse Edinho para o editor de política do Estado do Maranhão, o EMA.

Para completar outra "antológica" frase de efeito : "o nosso palanque vai ser de puro sangue"- a comparação com cavalos de raça é referência a prometida votação casada com Dilma.

Gregório de Matos Guerra se tivesse vivo, participaria da campanha de Edinho Lobão com os verso : "A Sé da Bahia/ é um presépio de bestas/ se não for estribaria/várias bestas todos os dias". 

Incitatus de Calígula é o candidato a Senador? Realmente! Imaginem, Edinho Governador, Paulinha Primeira Dama, José Cirilo Secretário de Cultura. Ei meu amigo Charles/ ei meu amigo Charle Brow.

Edinho é candidato a governador ou é tiete? O papo sério ficou por conta de Lobão/Lula. A Petrobrás "sujou", está dando choque em todo o setor elétrico, a esperança da campanha de Edinho.

O CENÁRIO : GOVERNO DEFINIDO/SENADO INDEFINIDO

Há 5 meses e 11 dias das eleições de 4 de outubro, o cenário das eleições majoritárias tem definição para o governo, mas é totalmente indefinido em relação ao Senado da República. O cenário no momento é o seguinte :

Flávio Dino teria com a desprogramada desistência do governista Luís Fernando e a insistência do farrista Edinho Lobão, 66% das intenções de votos. É uma eleição praticamente definida, segundo o cientista Antônio Lavareda. 

O grupo Sarney pego de surpresa pela inesperada desistência, trocou Luís Fernando candidato politicamente competitivo, por Edinho Lobão financeiramente promissor para os deputados/lideranças. 

A troca afasta o nome de Sarney da derrota, aproximando os gastos de campanha dos Lobão. Contudo a provável vitória de Flávio Dino desmonta o último feudo do coronelato político brasileiro. O efeito da derrota será sobre todos. 

Edinho Lobão como é esperado pela maioria do eleitorado, perderá a eleição para o governo em 2014, mas voltará imediatamente para o Senado. Ficará até o fim do mandato em 2018, devido a saúde frágil do pai, o Ministro Edson Lobão.

Edinho Lobão não perde nada com derrota para Flávio Dino. A eleição para o governo prepara a do Senado. Em quatro anos é possível manter o recal de uma campanha majoritária(governo/2014), para outra(senador/2018).

Quanto ao Senado/2014 o cenário é nebuloso. Roberto Rocha candidato único das oposições, não está sabendo ocupar o vazio da indefinição governista para o Senado. Roberto Rocha precisa no momento colar em Flávio Dino. 

Entre os governistas, Arnaldo Melo é o mais competitivo politicamente para disputar com o oposicionista Roberto Rocha. Melo tem o apoio da classe política e de muita gente próxima a Dino. Mas dificilmente aceitará concorrer ao Senado 

Clóvis Fecury vai assumir a suplência de João Alberto durante a campanha. Fecury tem até julho para colocar o nome a disposição da coligação governista. Clóvis Fecury é equilibrado, discreto e tem lastro patrimonial para encarar o embate. Se for candidato vence.

Sarney provando que mudou de domicílio no prazo previsto em lei? Que é exceção na regra que estabelece inerigibilidades?  Roberto Rocha desistiria de ser candidato ao Senado? Não, todos desistiriam, no entanto Roberto Rocha iria para a disputa.   

INSEGURANÇA PÚBLICA VOLTA ATINGIR O GOVERNO : CANDIDATURA DE JOÃO ALBERTO GANHA FOLEGO

O quadro de insegurança pública volta atingir o governo de Roseana Sarney. A Secretaria de Segurança está acéfala. Ricardo Murad não sabe se atende os empreiteiros na Saúde, ou se conversa com os empresários do ramo de alimentação na SEGUP.

A "roleta russa" voltou a matar 1 preso por dia em Pedrinhas. O pedido de intervenção que se encontra na Procuradoria Geral da República pode ter despacho nas próximas horas. Diante destes fatos  a candidatura de João Alberto ganhou folego no governo.

A candidatura  de Edinho Lobão já é considerado um blefe. 

CPI DA PETROBRÁS ATRAPALHA ARRASTÃO DE EDINHO : JOÃO ALBERTO COMEÇA A LUBRIFICAR AS ASAS

A CPI da Petrobrás está atrapalhando o "arrastão" de Edinho. Os "homi" de preto estão de olho/ouvido ligado. Edinho não tem conseguido nem manter contato com os empresários/industriais/prestadores de serviços do setor elétrico.

Edinho blefou com a história do bilhão. As consequências podem levar a desistência da candidatura. O nome de João Alberto volta a ganhar espaço na classe política. Alberto passa seriedade e determinação, além de trazer esperança para Segurança Pública.

Vamos aguardar as movimentações.


"SE NÃO ENTRA DINHEIRO PARA CAMPANHA EDINHO NÃO PISA NO MARANHÃO"

Edinho Lobão condicionou continuar candidato com o apoio do governo do estado. Edinho sentiu o distanciamento dos empresário/industriais/prestadores de serviço do setor elétrico comandado pelo pai, o Ministro das Minas e Energia Edson Lobão.

Edinho que deu entrevista falando em distanciamento do grupo Sarney voltou atrás. Hoje(14) no jornal "O Estado do Maranhão"- o EMA, Edinho desmente a fala na Folha de São Paulo, no sábado(13). Para completar quer plantar Milhomem na Articulação do governo da Sarney.

Tatá Milhomem é um dinossauro da política maranhense, que já anunciou aposentadoria mil vezes. Milhomem foi Chefe da Casa Civil no governo de Lobão, quando Edinho ganhou dos empresários o apelido de Edinho 30%. Tatá fazia o "meio-de-campo".

Tudo está no compasso de espera. Edinho Lobão foi anunciado como candidato há quase duas semanas, mas não veio pessoalmente ao Maranhão. Entrevista só por telefone, sob orientação de 4 marqueteiros que lhe assistem as chamadas no "viva-voz".

"Se não entrar dinheiro, Edinho não pisa no Maranhão", diz a fonte ligada a Edinho Lobão. Roseana Sarney disse que não vai abrir os cofres públicos para campanhas eleitorais. Será que ela cumpre a palavra? Tatá na Secretaria de Articulação é forçar a barra.

Tatá, tatá, rata tatá. É um ratão. É a mesma nota.





CANDIDATURA DE EDINHO PODE MORRER NA CRUZ : "SE NÃO ENTRAR DINHEIRO ATÉ A SEMANA SANTA ELE VAI DISISTIR"

A candidatura de Edinho Lobão pode "morrer na cruz". Lobistas do setor elétrico ligados ao candidato afirmaram "se não entrar dinheiro grosso até a Semana Santa, Edinho Lobão vai desistir".

Edinho Lobão mandou espalhar que tinha 1 bilhão para começar a campanha de governador. A estratégia era para atrair políticos sequiosos(sedentos) e caridosos membros da mídia. 

Ocorre que até agora, a conversa é como conto de "Dona Carochinha". Waldir Maranhão(PP)/Davi Alves Silva(PR) foram informados da proposta campanha bilionária.

A resposta vem na retórica da Rosana : "Dinheiro na mão calcinha no chão, dinheiro não viu calcinha subiu". Será que ainda tem besta para cair no "Conto do Bilhão"? Duvi- dê- ô, mas....

São dois porquinhos. Cadê o terceiro ? E o Lobo?


ENQUANTO LOBINHO NÃO VEM : SEM CONSEGUIR APOI FINANCEIRO DE PESO EDINHO CONTINUA EM BRASÍLIA

O candidato Denorex-aquele que parece, mas não é, continua em Brasília. Edinho Denorex mandou espalhar que vinha com 1 bilhão para iniciar a campanha. Segundo membros do "Comitê Arrecadador" a estratégia é gastar 4 milhões por município. 

Ocorre que nestas duas semanas de coleta a sacolinha não arrecadou nem 100 mil reais. Edinho Denorex quer aproveitar a campanha para o governo e fazer a "matança" de parte do que for arrecadado. Sem grana Edinho Denorex permanece em Brasília.

Edinho Denorex tenta abrir espaço$ na "Bolsa Elétrica" do Ministério das Energias. Dona Dilma mandou o Serviço de Inteligência da Presidência ficar de olho nos lobistas do setor. Lobão sentiu o distanciamento dos doadores da campanha do filho.

Edinho Denorex tenta nesta segunda(14) aproximar-se de Lula. A justificativa da reunião é "divulgar o Maranhão. Pode? Na realidade Denorex tentará ligar os fio$ do setor elétrico à sua campanha. Edinho vai pedir a Lula, para Dilma evitar o apagão na campanha.

"Um Bilhão de Amigos" e o tema da campanha de Denorex.

DEPOIS DE AJUDAR A ENTERRAR A CANDIDATURA DE LUÍS FERNANDO, SARNEY FOI LACRIMEJAR NA SEPULTURA POLÍTICA

Sarney tem a fama de "águia-mortalha"- no que ele visita o doente, este vira defunto. Longevo, Sarney já enterrou toda sua geração. No enterro de Bandeira Tribuzzi, Sarney foi até o caixão e folgou o nó da gravata dizendo- "ele não gostava disto".

Sarney já enterrou muita gente que continua viva- lideranças e adversários políticos. Implacável, calculista age pelo efeito dominó, derrubando através de terceiros. Depois é comum saber que elogiou as próprias vítimas, com o riso no canto da boca.

Após ajudar enterrar Luís Fernando, Sarney foi lacrimejar na sepultura política. Este é Sarney. Mata, enterra novas lideranças para depois lacrimejar elogios. Sarney sabe que Luís Fernando eleito/reeleito era muito mais perigoso que Dino.

Aprendam como caiar sepulcros. As frases parecem epitáfios- aquilo que se escreve nas lapides das sepulturas.Homenagear conduta? Porque não prestigiar as práticas? Quanta hipocrisia. Quem já passou pode avaliar. Mas as nuvens fazem novos desenhos.

Um exemplo de dignidade, diz Sarney sobre Luís Fernando

sarney1
Coluna do Sarney

É do Antonio Carlos, o mineiro em que o Getúlio passou a perna, a frase de que a “política é como uma nuvem, muda a cada minuto”. E eu acredito sempre que a maior certeza que se observa na política, numa análise que não seja restrita ao imediato, é que o impossível sempre acontece.
A renúncia, com o gesto do Jânio meio incompreensível e alucinado, maculou-a, mas é sempre, em meio ao idealismo humano, uma atitude de grandeza, quando é motivada por atitudes nobres. Acabamos de assistir a uma que merece o nosso respeito e engrandece um homem público. Luis Fernando, um homem de grande virtude, honrado, competente, inteligente, experiente, acaba de nos dar um exemplo de que a política não é isso o que em geral se procura construir e que os políticos não são esses demônios que pintam.
A maior aspiração de um político é governar o seu estado. Só depois podem vir outras. Pois bem, num momento em que todos arrancam os cabelos e não abrem mão de nada, Luis Fernando nos dá esse exemplo. Saiu sem ódio, sem criar problemas, sem atribuir a ninguém o seu gesto e dono de uma tranquilidade e uma firmeza de convicção que nos faz ter nele um exemplo. O comunicado que ele fez é uma peça que merece ficar inscrita nos anais de nossa vida política. Reconhece que foi escolhido candidato, e se houve com grande dignidade nessa condição, que “no mundo político as condições se alteram, no interesse do êxito eleitoral”. Outros não examinariam esse aspecto. O desejo do poder é maior e lutaria contra tudo e todos, sem essa avaliação. Acrescente-se mais que ninguém lhe cobrou esse balanço e em torno dele estávamos certos de que teríamos uma grande vitória. Ele foi escolhido pelas suas qualidades e pelo seu passado.
No governo, como secretário em duas pastas, fez um trabalho extraordinário, semeando obras no Maranhão inteiro, viajando por todo o nosso território e procurando unir, sem criar incompatibilidades nem encher o peito de presunção com a sua candidatura. Manteve a humildade, pautou-se pela decência e mesmo tendo deixado a disputa é um nome que merece o nosso respeito e continuará a servir ao Maranhão. Ajudou o estado e saiu com o mesmo afeto a Roseana, dentro do mesmo grupo de seus amigos e disposto a lutar com o mesmo espírito público e com a mesma força.
A ele, Luis Fernando, nossa homenagem pela conduta correta, digna, como soube entrar e soube sair, sem nenhum arranhão em sua personalidade, dignidade e honradez, fidelidade e competência, pronto para outros desafios.

 
Movido a Blogspot