SOBRE CAPELÃES E "CAPELOBOS" : SE DOBROU O NÚMERO DE MILITARES/ TERIA DE DOBRAR O NÚMERO DE CAPELÃES

A oposição sem propostas apegou-se a denúncias sem fundamentos/ provas durante os três anos do competente/ transparente governo de Flávio Dino/ sem que conseguisse provar uma/ ainda que com auxílio do Delegado Geral da Polícia Federal/ o sarneísta Fernando Segóvia na Operação Pegadores.

Agora escalaram Severino Sales/ o Capelobo - mistura de falso capelão/ com empresário ligado a Sarney/ Murad/ Lobão - para ingressar com ação judicial/ arguindo que o ingresso/ nomeações nas capelanias tinha atrelamento político. Trata-se de mais uma "fake-denúncia" com objetivo eleitoreiro.

A falsa denúncia servirá uma vez mais para comprovar a competência do governo de Flávio Dino. A lógica dos fatos - o número de nomeações - prova a transparência da gestão. Dino dobrou o número de policiais militares/ passando de 6 mil para 12 mil. Portanto teria que dobrar o número de capelães/ pastores.

O que Flávio Dino não poderia fazer era indicar capelães/ pastores sem formação religiosa adequada/ adquirida nas igrejas católicas/ evangélicas. Imaginem um pastor/ capelão indicado por João Alberto por destaque na "Operação Tigre"/ ou ainda pelo ex-vereador Severino Sales/ o Capelobo.

As estatísticas oficiais mostram a redução em quase 99% de suicídios entre militares/ homicídios de cônjuges/ drogadicção/ alcoolismo/ depressão/ desajuste familiar/ na conduta dos membros da Polícia Militar   após a duplicação das capelanias. Bom para a Polícia Militar/ bom para o Maranhão. Querem o pior para ter discurso?




2 comentários:

 
Tecnologia do Blogger.