O SUMARÍSSIMO DR. CLÉSIO CUNHA AGORA RESPONDENDO PELA 3ª VARA CRIMINAL ABSOLVE JOÃO ABREU

O juiz Clésio Cunha já é chamado jocosamente de "Clésio/ o Sarney" nos corredores do Fórum Sarney Costa.

Resultado de imagem para clésio Cunha

Explico : respondendo pela 8ª/ 7ª/ 3ª Criminal absolveu a ex-governadora Roseana Sarney/ Nelma Sarney/ João Abreu

Em todas decisões usou o rito sumário em que é facultado ao juiz a escolha das testemunhas. Estranho?

Resultado de imagem para rito sumário

Não/ são formas de interpretar as leis. O "sumaríssimo" Cunha poderia optar pelo rito ordinário. Por que não o fez?

Questão de hermenêutica - interpretação? Os crimes atribuídos a Sarney se enquadram no rito sumário ? Chuta/chama Romário? 

Outras decisão sumária envolveu a desembargadora Nelma Sarney - negou quebra do sigilo bancário. Existe reciprocidade?

Resultado de imagem para clésio Cunha

Nelma Sarney Corregedora designou o "sumaríssimo" Cunha para Varas da Fazenda. Os procedimentos são investigados pelo CNJ.

O MP queria investigar a transferência de 123 mil das contas do genro/ deputado estadual  Edilásio Junior/ Bradesco para  sogra Nelma Sarney.

Novamente de forma sumária - rápida - o "sumaríssimo" absolveu João Abreu/ sócio de Jorge/ Roseana Sarney.

Resultado de imagem para clésio Cunha

O "sumaríssimo" Cunha argumenta que não poderia condenar Abreu por corrupção - não cabia a ele decidir pelo acordo.

O acordo milionário foi entre o Governo/ Constran. No crime de corrupção o que interessa é a conduta/ não o resultado.

Resultado de imagem para crime de corrupção passiva

A conduta de João Abreu se amolda ao artigo 317 do Código Penal/ posto que teria recebido dinheiro dentro do Palácio dos Leões.

Resultado de imagem para propina delivery revista veja

Abreu disse que o que tinha dentro da caixa que recebeu de presente era "um litro de vinho". Rafael Lopez entregava dinheiro.

Espanta/ agride tantas decisões sumárias de um mesmo juiz/ envolvendo a classe política - o clã Sarney/ parentes/ aliado. CNJ nele!




0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.