"DEVASSA" NAS CONTAS DE NELMA SARNEY : ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DEFENDE ATUAÇÃO DA PROMOTORA LIZE BRANDÃO SÁ COSTA/ REJEITA ENTENDIMENTO DO JUIZ CLÉSIO CUNHA

A Associação do Ministério Público do Maranhão repudiou em Nota Pública emitida na data de 15/ 07/ 2017 as declarações do juiz Clécio Cunha/ quanto a atuação da promotora Lize Brandão de Sá Costa.

Resultado de imagem para Ministério Público atuação

Cunha interpretou como medida de exceção dos regimes totalitários/ com o fim de punir pessoa específicas o pedido de quebra do sigilo bancário da desembargadora Nelma  Celeste Costa Sarney.

Resultado de imagem para Ministério Público atuação artigo 127

O Ministério Público Maranhense informa ainda que está previsto na Constituição Federal para fins de investigação/ instrução processual autorização/ acesso os dados bancários (artigo 5º/ X/ XII).

Resultado de imagem para sigilo bancário artigo 5º X XII

"No momento em que grassa a corrupção/anseio da por respostas aumenta a responsabilidade da instituição que tem o dever de defender os interesses sociais(art. 127/129 da CF)". (AMPEM). 

Resultado de imagem para corrupção

Até agora a Associação dos Magistrados não emitiu Nota. A OAB-MA assumiu a defesa da magistrada - desembargadora Nelma Sarney. A polêmica aumenta a curiosidade sobre as contas da togada.

Resultado de imagem para pedido de quebra de sigilo bancário

Todos querem saber o motivo do sigilo inexpugnável na movimentação da conta da desembargadora Nelma Sarney. O que teria de tão sigiloso nesta misteriosa conta do Banco Bradesco ? 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.