IDAC DEU : O SILÊNCIO SEPULCRAL/ SEMANAL DE ANDRÉA MURAD/ EDILÁSIO JUNIOR/ ADRIANO SARNEY/ EDUARDO BRAIDE/ WELLINGTON DO CURSO

A prisão do presidente do PSDC/ IDAC Dr. Antônio Aragão/ o Dr. Milhão revelaram o "modos operandi"/ função dos Partidos Políticos Nanicos/ Organizações Sociais/ Criminais na antiga estrutura política maranhense comandada pelos Sarney/ gerenciada na Secretaria de Saúde do Estado por Ricardo Murad/ que desviou aproximadamente 2 bilhões de reais dos combalidos cofres públicos.


SAM_1179

A megaestrutura/ ação conjunta do COAF/ CGU/ PF permitiram flagrar toda a diretoria do IDAC envolvida em desvios/ fraudes/ improbidades sem qualquer participação dos servidores públicos da Secretaria de Saúde do Estado nesta gestão. A estratégia - aditivos/ diminuição de custos/ saques na boca do caixa -  embora simples só foi percebida pela forma dos saques - vultuosos/ alternados.

p
Dr. Aragão/ o Dr. Milhão laranja em dimensão tripla

Dr. Aragão/ o Dr. Milhão usava o que na infância aprendi como "matança" - justificava aumentos/ diminuía custos nas unidades hospitalares/ fazia saques na boca do caixa. Como o IDAC é uma instituição filântrópica/ não almeja lucro a contabilidade era perfeita/ posto que não deixava furos - pagamento de funcionários/ manutenção das unidades. O lucro vinha no "xixi da boca do caixa". 

Ocorre que COAF identificou saques milionários - 200 mil - na véspera da eleição em 2016/ solicitados por Bruno Balby diretor do IDAC/ sacados pelo motorista do Dr. Aragão/ o DR. Milhão/ Valterleno Reis. Os saques fracionados/ retirados por diversos não poderiam ser detectados. Segundo fontes "idaquenas" a ordem para sacar de 200 em 200 mil teria partido de Ricardo Murad. 

Aragão/ o Dr. Milhão vai delatar ou deletar da sua memória os supostos pedidos/ clamores "doadores" de alguns candidatos a cargos majoritários/ proporcionais em 2014 ? Talvez por isso o silêncio sepulcral/ semanal da oposição na tribuna da Alema/ Facebook/ Instagram. O caso IDAC continua ser explorado pelo EMA contra o governo/ mas sem qualquer indício probatório.   

                                                                                                              

1 comentários:

Unknown disse...

IDAC DEU, Macabeu na cabeça.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.