A VOLTA DA VELHA REPUBLICA OLIGÁRQUICA : TEMER FICA/ GILMAR É O O CARA/ SARNEY GANHA SOBREVIDA

A "arrumação" começou na instalação da República(1889)/ a "República das Espadas". Por que colocaram o monarquista Deodoro da Fonseca na Presidência da República? Era a primeira arrumação.

Depois veio a Segunda República(1894) a "República das Oligarquias"/ do Café(São Paulo) com Leite(Minas Gerais)/ o Estado Novo(1930) a Ditadura Militar(1964)/ a Nova República(1984) - sucessivas arrumações.

O PT perdeu a oportunidade de livrar o Brasil da "arrumação". Todavia perdeu-se em meio a muitos milhões de dólares/ trazendo de volta a Velha República Oligárquica com seus tentáculos em toda a malha institucional brasileira. 

O "Ministro" Gilmar Mendes livrou Temer da cassação/ entregou o Brasil nas mãos dos governadores/ senadores/ deputados federais/ dos oligarcas. Temer precisa de apenas 172 votos para evitar o impeachment. Vai conseguir?

Temer ficará na Presidência/ Gilmar vai ganhar o Mato Grosso. Sarney ganhará sobrevida política. A classe política desmoralizada não consegue mobilizar/ articular nada. Para combater Temer/ Gilmar Mendes/ Sarney  só Joaquim Barbosa em 2018.



 

5 comentários:

Carvalho disse...

Cesar, este padrão indecente das decisões da justiça e da impunidade aos corruptos, assim como a sobrevida política de gente como a velha raposa maranhense e seus pares em âmbito nacional, podem sim, e devem, ser comemoradas por eles, estas vitória são sim vergonhosamente fenomenais, mas, se nós analisarmos o cenário de maneira mais profunda, enxergaremos que estes estão nos últimos suspiros, acabando o fôlego, pois a montanha de provas contra essa gente e suas sujeiras evidenciam uma derrota acachapante brevemente. No Maranhão, esse processo se cristalizou nas eleições de 2014

Cesar Bello disse...

O problema é a volta do governo paralelo em Brasília. Sarney vai partir para cima com cargos/ funções para tentar turbinar a candidatura da filha Roseana sarney.

carlos alexandre Muniz disse...

Queria muito concorda com voce nobre amigo, mas Joaquim Barbosa, teve a oportunidade de fazer historia, agiu de acordo com o relato abarixo (tristeza).

"O capitão do mato era na origem um empregado público da última categoria encarregado de reprimir os pequenos delitos ocorridos no campo. Na sociedade escravocrata do Brasil, a tarefa principal ficou a de capturar os escravos fugitivos.


Capitão do mato
Rugendas, 1823
O termo capitão do mato passou a incluir aqueles que, moradores da cidade ou dos interiores das províncias, capturavam fugitivos para depois entregá-los aos seus amos mediante prêmio."

Cesar Bello disse...

Tem alguma coisa que precisa explicar sua saida do STF. Uma delas é a possibilidade de prever tudo o que está acontecendo. Ele percebeu que não conseguiria mudar um time de 11 ministros. Pode ter pensado em ser o técnico do Brasil. Se for candidato ganha a eleição ontem.Principalmente depois da patacoada de Gilmar.

carlos alexandre Muniz disse...

Talvez tenha sido seu pior erro (Barbosa) achar que a "CASA GRANDE" era seu aliado e o deixaria alçar vôos mais longos. Era preciso fazer a diferença de dentro do Poder, e não virar um mero "palpiteiro" como no atual momento. A limpeza no Judiciário corrupto é talvez até mais importante que a Presidência da Republica, Barbosa imaginou que seria o Obama brasileiro e tornou-se apenas mais um telespectador desse circo de horrores em que vivemos hoje.

Postar um comentário

 
Tecnologia do Blogger.